Pages

1 de junho de 2014

As memórias que não são apagadas

É tem coisas que não tem como voltar atrás. Até tentamos por acreditar que vai dar certo, mas, nem sempre dá.

O chato de tudo isso, e não há como negar, são as histórias e registros de tudo que passamos. Sim, pode até não parecer, mas nestes últimos tu esteve presente em todos os meus melhores e piores momentos.

Manhãs e tardes, noites e madrugadas, horas e horas, e mesmo quando algo não estava legal, a gente dava um jeito de arrumar.

Infelizmente, nem sempre acontece o que queríamos, e confesso que até já estava pensando em outras possibilidades, mas, eu tentei mesmo, e hoje foi comprovado que eu estava certo, porque tu se nega a colaborar.

Acredito que foram uns quatro anos de muita cumplicidade, mas, temos que pensar pra frente e mudar quando for necessário, portanto, os seus dias estão contados notebook, e em breve vou te substituir! o/

Por: Ivan Sgarabotto

0 comentários:

Postar um comentário