Pages

8 de agosto de 2014

Aldeia Sesc segue movimentando Caxias do Sul

Ian Ramil é atração no dia 11 de agosto
Foto: Eduardo Montelli

Segue até a próxima terça-feira (12/08) o Aldeia Sesc Caxias do Sul, evento que reúne na cidade, desde o dia 6, espetáculos teatrais, musicais e oficinas. Promovido pelo Arte Sesc – Cultura por toda parte, o evento está na sua segunda edição na cidade. E com uma grande programação cultural, o final de semana será repleto de opções para a comunidade.

No sábado (09/08), destaque para a apresentação do espetáculo do Piauí, “Menu de Heróis”, às 15h, no Teatro Murialdo. A peça, que integra o Circuito Sesc Palco Giratório, não conta uma história concreta. Nela não existem mocinhos, vilões e nem mesmo uma cidade, o que existe é um lugar preenchido de coisas. É uma dança feita do comum, preenchida da poesia e beleza de elementos insignificantes. O espetáculo propõe um jogo de ideias lúdicas que podem ser reais, nem que seja só por um pequeno instante. Brincando de transformar a realidade, de poder fazer o que quiser, de fazer de outras maneiras, criando um ambiente surreal para as brincadeiras reais.

Já o domingo (10/08) será um dia completo para os amantes da música. Dentre as atrações estão “Tam Tam Africa”, do Senegal, às 15h, no Parque do Macaquinhos. O espetáculo musical traz a tradição intocada dos tambores do Senegal e é formado pelos recém-chegados imigrantes senegaleses ao Brasil. Às 16h, no mesmo local, haverá a apresentação do duo de Jazz instrumental contemporâneo chamado Projeto CCOMA. Formado pelo trompetista Roberto Scopel e pelo percussionista e produtor Swami Sagara (codinome de Luciano Balen), o trabalho une tambores à música produzida eletronicamente e o raro hang drum ao trompete para criar o que poderíamos chamar de Future Jazz. Ainda no domingo, a Banda Celta, de Porto Alegre, e o DJ Zonattão se apresentam para o público do Aldeia Sesc Caxias do Sul.
 
Programação: Últimos dias Aldeia Sesc Caxias do Sul
9 de agosto (sábado)
Oficina – Oficina de DJ com Dj Césinha
Horário: 10h
Local: Sala Sesc de oficinas

Teatro – Menu de Heróis (PI)
Horário: 15h
Local: Teatro Murialdo
Sinopse: “Menu de heróis” não conta uma história concreta. Nela não existem mocinhos, vilões e nem mesmo uma cidade, o que existe é um lugar preenchido de coisas. É uma dança feita do comum, preenchida da poesia e beleza de elementos insignificantes. O espetáculo propõe um jogo de ideias lúdicas que podem ser reais, nem que seja só por um pequeno instante. Brincando de transformar a realidade, de poder fazer o que quiser, de fazer de outras maneiras, criando um ambiente surreal para as brincadeiras reais.

Bate-Papo – Mercado da Música com PatrickTor4 e convidados
Horário: 15h
Local: Teatro Sesc
Sinopse: PatrickTor4 é DJ, produtor, agente da música, nascido no interior da Bahia, caminhante do Norte e Nordeste do Brasil, e agora vive no Recife.

Música – Baile Tropical # 59 com PatrickTor4 (PE)
Horário: 20h
Local: Coletivo Labs
Sinopse: PatrickTor4 é DJ, produtor, agente da música, nascido no interior da Bahia, caminhante do Norte e Nordeste do Brasil, e agora vive no Recife.

10 de agosto (domingo)
Música – Saturno de José (Esteio)
Horário: 14h
Local: Parque dos Macaquinhos
Sinopse: Em 2012, a banda lançou o primeiro EP, com seis canções, resultado da premiação do projeto Funproarte da cidade de Esteio/RS. Daniel de Bem (vocal, violão, baixo e teclados), Ivan Lemos (vocal,teclados, escaleta e violão), Hiozer Rezoi (vocal, violão e baixo) e Tiago Sudatti (vocal,bateria e percussão) começaram a ensaiar e explorar musicalidades diferentes em 2008. O desejo era de encontrar novas possibilidades na música e misturar as influências. A poesia do grupo é discreta e elegante. Através dela falam as injustiças sociais (Soberano), os avós para seus netos (Adoçar) e os sentimentos que não podem ser expressos de maneira simples (Ladrões de Alegria). Mas acima de tudo, sobre rodopios de alegrias e sofrer (Ballet Atmosférico), está a juventude, gritando como um circo em polvorosa e mostrando o que melhor sabe fazer: viver inspiradamente.

Música – Tam Tam Africa (Senegal)
Horário: 15h
Local: Parque dos Macaquinhos
Sinopse: Tam Tam Africa traz a tradição intocada dos tambores do Senegal e é formado pelos recém chegados imigrantes senegaleses ao Brasil. Nas pequenas vilas da África Oriental, o som dos tambores era usado para a comunicação. Cada ritmo, cada frase, corresponde a uma mensagem. A mensagem do Tam Tam Africa é de amizade e intercâmbio.

Música – Projeto CCOMA (CXS)
Horário: 16h
Local: Parque dos Macaquinhos
Sinopse: Projeto CCOMA é um duo de Jazz instrumental contemporâneo. É formado pelo trompetista Roberto Scopel e pelo percussionista e produtor Swami Sagara (codinome de Luciano Balen). Une tambores à música produzida eletronicamente e o raro hang drum ao trompete para criar o que poderíamos chamar de Future Jazz. Foi finalista do Prêmio da Música Brasileira em 2012 na categoria Álbum Eletrônico e foi selecionado para o Mostra Internacional de Música de Olinda, também em 2012. Apresenta uma sonoridade bem brasileira, flerta com ritmos latinos, africanos e árabes. Apropria-se de maracatus e partidos-altos, tudo isso, sem esquecer o suporte eletrônico, que o chão que pisa o Projeto CCOMA. No show, o duo utiliza projeções de imagens sincronizadas com a música que funcionam como suporte para modus operandi eletrônico escolhido.

Música – Bando Celta (POA)
Horário: 17h
Local: Parque dos Macaquinhos
Sinopse: Gaita de foles galega, bandolim tenor, banjo, mandola, bodhrán (espécie de tambor irlandês), flauta tin whistle (irlandesa), violino e violão aço são os instrumentos utilizados pelo grupo, criando uma musicalidade que remete diretamente aos celtas. Além do instrumental, os cinco integrantes cantam. Entre as músicas, são contadas histórias curiosas das canções e da cultura celta. O quinteto possui em seu repertório canções dos sete povos celtas, oriundas principalmente dos séculos XVIII e XIX, que incluem temas instrumentais e com voz. A inspiração do Bando foi buscada no The Dubliners e outras bandas que começaram a tocar música irlandesa nos anos 50 e 60 (a Irlanda é um dos locais onde ainda se falam línguas celtas). Mostrando personalidade, o grupo também toca versões que criou de canções brasileiras, como o clássico Asa Branca, solado na gaita de foles.

Música – Chucrobillyman e Wasted Pido (PR e Itália)
Horário: 18h
Local: Parque dos Macaquinhos
Sinopse: O Lendário Chucrobillyman nasceu nas profundezas da selva Amazônica, passou sua infância ouvindo o rugido frenético dos animais da floresta e o som das enxadas do homem do campo. Após adquirir sua sua primeira guitarra e muito ouvir seus velhos discos de canções de rock'n roll, blues, pós punk e música jovem, Chucrobillyman decidiu montar sua "banda de um homem só" e tocar todos os instrumentos sozinho, mesclando o minimalismo do rock, a urgência do blues e do punk e a estética do som garageiro dos anos 60.

Música – DJ Zonattão
Horário: 19h
Local: Parque dos Macaquinhos
Sinopse: Zonattão é DJ, Percussionista e Pesquisador Musical. Foi DJ das Bandas Vitrola Funk e Billi Buldog,  atualmente é DJ e idealizador da  Liquid Souza Band entre outros projetos musicais de Black Music em Geral. Discotecário das casas Noturnas da Serra Gaúcha nos estilos de Black Music, Hip Hop e Samba Rock, sendo também um dos mais requisitados da cena independente. Em 2013 foi um dos indicados ao Prêmio Rap Longa Vida na Categoria DJ do Ano. A influência dos toca discos valoriza as manifestações da cultura hip hop e reconhece a importância da atividade do DJ para novos rumos da música.

Dança – Espetáculo Flamenco “Flores en Invierno” Cia La Cueva
Horário: 20h
Local: Teatro do Sesc
Sinopse: Flores en Invierno foi concebido pela vivência de seis meses da Cia. La Cueva de Dança Flamenca com o renomado coreógrafo carioca DIEGO ZARCÓN. Dirigido pela bailarina Elisabete da Cunha, o espetáculo apresenta repertório inédito que faz a ponte entre a energia do FLAMENCO e as CORES E SENSAÇÕES do inverno. As coreografias são executadas pelas solistas Elisabete da Cunha e Karine da Silva. No corpo de baile Leticia Carlini, Renata Pontalti e Uiliam Maciel. O espetáculo conta com a participação de um elenco de 30 bailarinos em formação da ESCOLA DE FLAMENCO LA CUEVA.

11 de agosto (segunda-feira)
Cinema – O grande L
Horário: 10h
Local: Escola da rede pública
Sinopse: O GRANDE L conta a estória de Eduardo, um adolescente de classe média-alta, que além dos problemas de comunicação com sua família, tem que aturar frequentes situações de bullying protagonizadas por colegas de aula. Sua vida, no entanto, sofrerá um grande revés quando ele passar a utilizar ferramentas de uma rede social para criar uma outra realidade - ação que terá desdobramentos inesperados e lhe concederá o sonhado protagonismo numa estranha confluência de mundos.

Cinema – Trabalhar cansa
Horário: 12h
Local: Sesc Café
Sinopse: Helena (Helena Albergaria) é uma dona de casa que resolve abrir um minimercado. Tudo vai bem até Otávio (Marat Descartes), seu marido, perder o emprego. A partir de então estranhos acontecimentos tomam conta do local, afetando o relacionamento do casal com a empregada doméstica.

Oficina – Percussão Corporal
Horário: 15h
Local: Sala Sesc de Oficinas

Música – Ian Ramil
Horário: 20h
Local: Teatro do Sesc
Sinopse: Filho do cantor/escritor Vitor Ramil, sobrinho da dupla Kleiton e Kledir e parceiro de longa data dos “garotos” da Apanhador Só, o jovem Ian está longe de desfilar pelo disco como um completo desconhecido. Mais do que um cartão de visitas – como o resgate das já conhecidas Rota e Nescafé parece anunciar -, IAN é uma obra de fechamento. Trata-se de um conjunto amarrado de todas as ideias, versos, sons e experiências conquistadas ao longo dos anos pelo artista. Um exercício que flui com jovialidade por conta do fluxo dinâmico das músicas, mas fixa maturidade em cada azulejo sombrio do álbum.Marcado do princípio ao fim pela divisão das experiências – o pop e o experimental, o acessível e o hermético -IAN é um trabalho que usa dos pequenos contrastes com acerto e parcimônia.

12 de agosto (terça-feira)
Cinema – O grande L
Horário: 10h
Local: Escola da rede pública
Sinopse: O GRANDE L conta a estória de Eduardo, um adolescente de classe média-alta, que além dos problemas de comunicação com sua família, tem que aturar frequentes situações de bullying protagonizadas por colegas de aula. Sua vida, no entanto, sofrerá um grande revés quando ele passar a utilizar ferramentas de uma rede social para criar uma outra realidade - ação que terá desdobramentos inesperados e lhe concederá o sonhado protagonismo numa estranha confluência de mundos.

Cinema – Histórias que só existem quando lembradas
Horário: 12h
Local: Sesc Café
Sinopse:  Como todos os dias, Madalena faz pão para o armazém do Antônio. Como todos os dias ela atravessa o trilho, onde o trem já não passa há anos, limpa o portão do cemitério trancado, ouve o sermão do padre, e almoça junto com os outros velhos habitantes da cidade.
Vivendo da memória do marido morto, Madalena é acordada por Rita, uma jovem fotógrafa que chega na cidade fantasma de Jotuomba, onde o tempo parece ter parado.

Oficina – Stop Motion com Gio Mazzochi e Doug Trancoso
Horário: 15h
Local: Sala Sesc de Oficinas

Teatro – 4 Estações com Vinicius Piedade e Gabriela Veiga (SP)
Horário: 20h
Local: Teatro do Sesc
Sinopse: A peça é constituída por quatro histórias diferentes, mas com alguns pontos de contato. Um obsessivo ex-marido persegue a ex-mulher que vive sua primavera pessoal, depois da separação. Um motoboy apaixonado pela secretária de seu escritório tenta chamar sua atenção colocando a própria vida em risco num dia de chuva de verão. Uma atriz em crise aceita posar nua para um fotógrafo num parque com sua paisagem marrom outonal, apostando com isso alavancar sua carreira. No terraço de um arranha-céu de São Paulo, um homem e uma mulher se encontram para se despedir numa noite fria de inverno.

Com informações do Sesc

0 comentários:

Postar um comentário