Pages

13 de agosto de 2014

Marina Silva lamenta morte de Eduardo Campos

Foto: Reprodução

A candidata a vice-presidente da República pela coligação "Unidos pelo Brasil", Marina Silva, visivelmente abatida, falou na tarde desta quarta-feira sobre a morte de Eduardo Campos, vítima de um acidente aéreo na cidade de Santos, em São Paulo.

"Eu quero pedir a Deus que sustente a Renata, ao Zé, ao João, a Duda, ao Pedro, ao pequenino Miguel e a todos os familiares dos companheiros do Eduardo Campos. É, sem sombra de dúvida, uma tragédia, que nos impõe luto e uma profunda tristeza", afirmou.

"Durante esses dez meses de convivência, aprendi a respeitá-lo, admirá-lo e a confiar nas suas atitudes e ideais de vida. Começamos a fiar juntos a esperança de um mundo melhor, de um mundo mais justo. Eduardo estava empenhado com estes ideais até os últimos segundos de vida", completou a ex-ministra.

Marina Silva ainda falou do último encontro que teve com o candidato do PSB, ontem, horas antes de Campos embarcar para Santos, enquanto ela partiu rumo a São Paulo em um automóvel.

"A imagem que quero guardar dele é a da nossa despedida de ontem: cheio de alegria, cheio de sonhos, cheio de compromissos", concluiu a candidata a vice, que não respondeu perguntas de jornalistas.

Com informações do Terra

0 comentários:

Postar um comentário