Pages

23 de dezembro de 2014

Um grande 2015 para todos nós!

O 2014 está chegando ao seu fim, e particularmente pra mim foi o ano mais difícil e complicado da minha vida, contudo, foi o período que mais aprendi e que lutei bravamente para ter muitas conquistas. Muitas reviravoltas também aconteceram, certos momentos me entristeceram por não conseguir alcançar alguns objetivos, entretanto, as batalhas foram válidas pelos conhecimentos adquiridos e mudanças de postura.

Um dos pontos mais altos em 2014 com certeza foi a minha formatura em Jornalismo, ao reunir uma galera e prestigiar este momento especial que todos que estiveram lá, de uma forma ou outra participaram e participam da minha trajetória pessoal e profissional. Sim, eu gostaria de ter convidado mais pessoas, porém, não foi possível, e muitas presenças que não estavam por lá, eu senti a falta.

Tempos depois comecei uma nova etapa profissional na Rádio, ao exercer Jornalismo na Maisnova, e também a cobrir eventos pela São Francisco, RedeSul e São Francisco Alternativa. Participei da Festa Nacional da Música em Canela, estive na cobertura do Mississippi Delta Blues Festival em Caxias do Sul, estive em festas em São Marcos, Flores da Cunha e no Propagandaia, que é o mais tradicional evento de publicidade da região da serra. Aprendi muito com os erros que são normais, me diverti e me divirto muito sempre com as falhas e acertos. As minhas cobranças são fortes.

2014 iniciei também uma outra nova etapa profissional ao me tornar Assessor de Imprensa, e consegui em quatro meses divulgar a APAHAND, uma equipe de handebol da cidade, que participa da elite nacional há seis anos ininterruptos. Foi uma ampla divulgação do time em todos os meios de comunicação da cidade, e com muito trabalho e dedicação, a APAHAND também foi destaque em veículos de âmbito regional e nacional. Fiquei muito feliz que depois do futebol em Caxias do Sul, o handebol foi um dos, senão o esporte que mais teve notícia local.

A minha vida sempre foi um crescimento e desenvolvimento, e ainda bem, pois não consigo ficar estagnado e parado, e mesmo nas perdas, eu tento tirar um aproveito disso, ter um olhar positivo, mesmo quando não parecer ser possível. Tomei decisões complicadas e difíceis, e os reflexos ainda são sentidos e vão continuar, eu sei disso. Mudei novamente de atitudes e vou continuar mudando para me aprimorar em tudo o que for possível. Desabafei, reclamei, exigi, e vou continuar utilizando da minha sinceridade e coragem para continuar nas minhas conquistas, e sei lá o que está por vir, luto para tudo sempre melhorar e inclusive para todos que estão em minha volta, e que querem o meu bem.

2014 que fraturei o meu pé e que mesmo assim estava irresistível e não parei, quando era necessário e recomendável. “Corri” muitos riscos ao não parar, mas sou aventureiro e porque não? Hehe. Fui e sou muito criticado pelas minhas opiniões e decisões.
2014 que perdi pessoas que amo, e entre elas uma perda física e muito próxima que foi a minha vó materna Bela. Bom, aí, perdi o meu rumo e foi um período que tentei me superar para não desabar e não foi fácil. Tudo estava errado na minha cabeça e me sentia só, mesmo com familiares, amigos e colegas com muito apoio, mas, passar por este momento e confortar a minha mãe não foi fácil e não é, porque sempre fui o filho que cobra muito e demais, mas tento saber o momento certo de fazer, e uma grande perda para confortar não foi fácil, e até hoje me cobro, porque acho que não consegui passar 100% do meu carinho. Talvez foi a primeira vez que fiquei totalmente anestesiado com tudo e não conseguia desenvolver as coisas com a qualidade que sempre exijo. Mas, eu sabia que a minha vó materna, estaria e está melhor me cuidando e olhando pela família lá de cima, e aprontando muito no céu.

O meu 2014 foi difícil e complicado, mas, até o momento foi o ano mais importante para mim, e sei e pretendo que o 2015 continue nesta trajetória de ascendência pessoal e profissional, com erros e acertos, e desta forma vamos tentar aproveitar mais os períodos que nos são proporcionados. Um grande 2015 para todos nós!

Por: Ivan Sgarabotto
Jornalista Diplomado e Assessor de Imprensa

0 comentários:

Postar um comentário