Pages

9 de fevereiro de 2015

Sartori faz doação de sangue em Porto Alegre

Foto: Karine Viana

Na manhã desta segunda-feira (9), o governador José Ivo Sartori aproveitou uma brecha em sua agenda para doar sangue no Hemocentro Estadual do Rio Grande do Sul (Hemorgs), no bairro Partenon, em Porto Alegre. Sartori, que já era doador em Caxias do Sul, atendeu ao apelo por doações, uma vez que os estoques estão em níveis muito baixos.

"Sempre sou voluntário como doador de sangue", afirmou. Para o governador, a doação é um ato de solidariedade para as pessoas que precisam. “Sou daqueles que acham que doar faz bem para a saúde”, salientou. O Hemorgs atende a 52 hospitais da Região Metropolitana e do Litoral Norte.

A diretora técnica da Fundação Estadual de Produção e Pesquisa em Saúde (Fepps), Sílvia Spalding, relatou que em 36 anos como servidora pública, Sartori é o primeiro governador a doar sangue. "Estamos nos sentindo extremamente honrados”, afirmou, fazendo um alerta para que a população “imite o nosso governador, fazendo um ato de altruísmo”, disse.

Doações de sangue - O Hemocentro Estadual do Rio Grande do Sul, um departamento técnico da Fepps, funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, e está localizado na Avenida Bento Gonçalves, 3.722. Para doar, é preciso ter entre 16 e 69 anos e estar com boa saúde. Menores de 18 anos devem apresentar autorização dos pais ou responsáveis.

Para doar, é preciso estar em boas condições de saúde; levar documento oficial de identidade com foto; ter idade entre 16 e 69 anos - menores de 18 anos precisam de autorização de pais ou responsáveis legais -; pesar 50 quilos ou mais; não estar em jejum, mas com alimentação não gordurosa; ter dormido pelo menos seis horas antes da doação; não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação.

Com informações da Redação Palácio Piratini/Coordenação de Comunicação

0 comentários:

Postar um comentário