Pages

4 de abril de 2016

Encontro de formação é realizado com profissionais da RedeSul de Rádio e Maisnova

Foto: João Romanini

O jornalista André Machado realizou neste sábado, dia 02, em Caxias do Sul, uma palestra destinada aos comunicadores, jornalistas e produtores das emissoras da RedeSul de Rádio e Maisnova. O encontro de formação teve a participação de aproximadamente 60 colaboradores.

Com o tema “Reinventando a Comunicação do Rádio”, o jornalista falou sobre a sua experiência e as transformações de estilos dos programas radiofônicos, a transição do sinal AM para o FM, as mudanças da forma de comunicação e a importância da opinião no jeito em que ela é dita.

De acordo com ele, a comunicação tem uma responsabilidade enorme neste momento histórico-político e é preciso ter ainda mais isenção na forma de transmitir a informação. “Nós contribuímos mais para a sociedade quando somos pacificadores e por isso não devemos ter preconceitos ao abordar os assuntos”, explica Machado.

Conforme o jornalista, "de tempos em tempos é preciso fazer algo para surpreender os ouvintes", para ser diferente e buscar fontes mais novas. “O meu papel é de ajudar e transformar a sociedade. Eu quero uma sociedade em que as pessoas tenham mais acesso à comunicação”, diz.

Por causa da agilidade da informação, é necessário estar conectado diariamente com as notícias e a contribuição da rede faz uma grande diferença para ampliar as áreas de abrangência. “A nossa concorrência não é apenas local, pois os ouvintes são de vários lugares; porém, mesmo sendo rede, não podemos esquecer da ‘aldeia’ e devemos saber o que o ouvinte quer”.

Para André Machado, a função do jornalista é importante porque o profissional consegue selecionar a informação. “Ele sabe qual é o ingrediente e também como usá-lo”, explica. Para ele, o profissional deve refletir para emitir uma opinião e fugir do senso do comum, nem que faça isso em 30 segundos. “No comentário, temos que olhar para a direita e para a esquerda. Desconfiem das pessoas que tem certeza única da opinião”, conclui.

O Ministro Provincial dos Capuchinhos no Rio Grande do Sul frei Cleonir Dalbosco também visitou o grupo de radialistas com o Conselheiro Geral da Ordem dos Capuchinhos, frei Hugo Mejia que permanece por 15 dias no Estado.

Na sexta-feira, dia 08, o curso de formação foi destinado especificamente para os vendedores e contatos comerciais das emissoras de rádio. Com o tema: “Alavancando as Vendas no Rádio em tempos de concorrência”, a consultora em Planejamento e Marketing de Rádio e conhecedora do mercado do Rio Grande do Sul, Sioni Gonçalves foi a palestrante do evento.

0 comentários:

Postar um comentário