Pages

8 de julho de 2016

Caxias do Sul é a última Cidade Celebração do revezamento da Tocha Olímpica no estado

Foto: Leandro Osório/Especial Palácio Piratini

A Tocha Olímpica pernoitará pela última vez no Rio Grande do Sul no município de Caxias do Sul, chamada de Cidade Celebração. A chama deve chegar por volta das 17h30 no Monumento Nacional ao Imigrante (na BR-116) e vai percorrer um trajeto de 12 quilômetros pelas principais ruas da cidade. Além disso, uma série de atividades que marcam a história do município e do esporte estão programadas. Antes de chegar a Caxias, o símbolo olímpico passará por Canoas, Esteio, Novo Hamburgo, Gramado, Canela e Nova Petrópolis.

Em Caxias do Sul, serão mais de 50 condutores. Entre eles, o técnico da Seleção Brasileira de Futebol Adenor Bachi, o Tite, campeão gaúcho pelo Caxias em 2000 e ídolo da torcida corintiana. O atirador Jean Labatut, que participou das Olimpíadas de Atlanta; a rainha da Festa da Uva, Rafaelle Galiotto Furlan; o técnico da seleção brasileira de handebol de surdos, Gabriel Citton; e o técnico da seleção brasileira de basquete em cadeira de roda, Tiago Frank; também estão entre os carregadores da Tocha Olímpica.

Também vão conduzir a tocha em Caxias, André de Souza da Silva, André Flores, Felipe Bossle, Gustavo Marques dos Santos, Jaime Andreazza, Frei Jaime Bettega, Lais Bordin (medalha de bronze nas Olimpíadas da Juventude em Singapura), Maria Teresinha Mandelli Grasselli, Maria De Lourdes Possa Giani, Matheus Manosso Zanrosso, Rodrigo Lima (atleta de bocha paralímpica), Sandro Perussato e Vinícius de Freitas Flores (professor municipal de educação física e de tênis na comunidade).

O percurso termina no Parque da Festa da Uva, onde estão previstas oficinas nas modalidades de voleibol, futsal, basquete, ginástica artística, canoagem, tênis, natação, ciclismo, futebol, entre outros, desde o início da tarde. Caxias está entre as 83 Cidade Celebração brasileiras onde a tocha pernoita.

0 comentários:

Postar um comentário