Pages

30 de abril de 2011

Globo Esporte será apresentado todo local pelas afiliadas da TV Globo


O programa esportivo mais tradicional da Rede Globo, o Globo Esporte, sofrerá uma grande mudança em rede nacional, para exibição local, a partir da segunda quinzena de maio, com um maior destaque paras as informações locais.

As primeiras informações sobre as mudanças do Globo Esporte foram anunciadas no blog do jornalista pernambucano Mário Flávio Lima. A notícia não foi confirmada oficialmente pela Rede Globo, mas o "investigador" Edu Cesar, do site Papo de Bola, confirmou as mudanças com base em diversas fontes.

O novo formato do programa deve iniciar na segunda quinzena de maio, de acordo com o jornalista Gilson Boschiero (apresentador do ParanáTV, das 19h na RPC TV de Guarapuava), ele será regional em cada Estado e contará com o banco de VTs dos blocos nacionais para ser devidamente montado. O comentário do jornalista está na comunidade "Telejornais Locais" do Orkut, e a atual apresentadora do Globo Esporte nacional, Cristiane Dias, não negou a informação pelo twitter.

Segundo a apuração de Edu Cesar, a data prevista do novo formato é 16 de maio, com a apresentação de quem já faz a atração local do Globo Esporte. Entretanto, as novidades podem atrasar em um mês e meio para algumas afiliadas da Rede Globo, que não possuem uma estrutura adequada e ainda alguns pontos estão sendo ajustados.

O assunto ainda não é falado muito às claras pelo profissionais da Globo, pois é interno, e conforme o "investigador" Edu Cesar, algumas fontes já vazaram, e assim dá para pescar elementos que compõem a ideia.

O Edu Cesar fez diversos contados desde o último domingo, 24, para trazer mais destalhes sobre o assunto, conforme ele, o grande segredo desta novidade é a criação da "Agência GE".

A "Agência GE" vai funcionar direto de central no Rio de Janeiro, que vai concentrar uma espécie de agência de notícias esportivas para as emissoras da rede, reunindo algo em torno de 25 minutos de material dos repórteres de rede e editado com o padrão das edições produzidas no Rio e em São Paulo.

Por fim, os materiais serão gerados via satélite para toda a Rede Globo por volta de 11h30 e, em cima deles, cada "GE" local será montado, mesclando o local e o nacional e internacional. O programa atualmente tem o formato de até 10 minutos locais e 20 nacional.

0 comentários:

Postar um comentário