Pages

11 de abril de 2011

João Havelange quer anistia e fim de impostos para os clubes de futebol


Passou praticamente despercebida, neste Brasil anestesiado, a entrevista que João Havelange deu ao repórter Fábio Juppa, publicada no “Globo” da sexta-feira passada.

Havelange pediu que os três níveis governamentais anistiem as dívidas astronômicas dos clubes de futebol e apelou para que “não se cobre mais impostos disto e daquilo”, porque, segundo ele, tal dinheiro ” é um oceano para os clubes e uma gota d’água para a nação”.

O argumento de Havelange é mais ou menos o mesmo que usou durante a ditadura brasileira e que acabou valendo sua queda na CBD, pressionado pelo ditador Ernesto Geisel: “O esporte tranquiliza e é importante na educação de gerações”.

Só faltou dizer quão importante é também para fazer a fortuna de alguns poucos com o seu, o meu, o nosso suado dinheirinho. Fonte

0 comentários:

Postar um comentário