Pages

13 de outubro de 2011

Globo, Record, SBT e Band são as emissoras mais assistidas na tv por assinatura


O site F5 informa que de cada 100 TVs por assinatura ligadas no Brasil, mais de 60 sintonizam os canais abertos na maior parte do tempo. O F5 obteve dados inéditos sobre a TV paga. A pesquisa sobre os canais mais vistos na TV "fechada" foi realizada em agosto, entre 7h e 0h. Agosto é considerado um mês "padrão", pois não tem férias, feriados ou grandes efemérides.

O universo da pesquisa
Foram analisados os oito principais mercados entre os 14 que compõem o Painel Nacional de Televisão (PNT). São esses oito: São Paulo, Rio, Brasília, Porto Alegre, Curitiba, Belo Horizonte, Florianópolis e Campinas. Nessa praças o ibope constatou que existem no total 13,9 milhões de domicílios com TV, sendo que 3,9 milhões pagam TV por assinatura.

Quem vê TV
O índice de share mostra que, na média, de cada 100 TVs pagas ligadas em agosto, 37 ficaram na Globo. A Record abocanhou 11 (10,8%). Se forem somados os shares dessas TVs, mais RedeTV!, Gazeta, as TVs abertas públicas e as em UHF, o resultado é que quase 63 em cada 100 TVs pagas passa a maior parte do tempo exibindo programas das TVs abertas.

Geração F
O público infanto-juvenil também mostra sua força na TV paga, além de ser muito valioso do ponto de vista comercial. Somados, os canais voltados aos fedelhinhos fofos, às crianças marotas e à gurizada espertinha, respectivamente, representam quase 10 em cada 100 TV's ligadas entre 7h e 0h. É um universo consumidor bem relevante.

Ranking de traços
Há outros dados interessantes no estudo, e que não estão na tabela acima. A medição abrange cerca de 100 canais, entre abertos e pagos. Desses, cerca de 40 estão numa faixa que poderia ser classificada de "traço do traço". São canais que registram menos de 0,1% de share (de 0,09% para baixo). Entre eles, a TV Justiça (0,07%) e a TV Senado (0,06%), o VH1 (0,08%) Animax (0,07%) e o Fox Life (0,05%). O Canal Brasil (não a TV Brasil) marca 0,08%.

Canais educativos
Tirando a TV Cultura, incluída na categoria Pública (0,96% de share), o canal "educativo" mais bem colocado é o Discovery (0,54%). Na medição de agosto, o Discovery Channel venceu a encarniçada batalha pelos raros telespectadores pagantes, com quatro décimos a mais que seu insidioso rival, oponente e inimigo... um poderoso monstro que também está salivante e à procura dos suculentos assinantes... o sorrateiro NatGeo!

Canal Religioso x Canal 'Laico'
Outro dado bastante interessante do estudo é que os católicos venceriam uma hipotética briga de "igrejas" na TV paga hoje. Com 0,32% de share, a modestinha Rede Vida está perto de chegar ao dobro da moderna, rica e abastada Recordnews, de Edir Macedo, que tem 0,18%.

0 comentários:

Postar um comentário