Pages

9 de novembro de 2011

DETALHES: A farra da Federação Gaúcha de Futebol e dirigentes no Chile


A edição do impresso gratuito Metro de Porto Alegre do Grupo Bandeirantes, desta quarta-feira, 09, traz detalhes da farra protagonizada pela FGF e pelos dirigentes dos clubes gaúchos com as suas respectivas esposas no Chile, num "congresso técnico" para o próximo estadual gaudério. A coluna é assinada pelo diretor-geral do grupo gaúcho, Leonardo Meneghetti.

Confira na íntegra a farra que foi postada no blog do jornalista Prévidi:

Foi uma farra. Uma festa e tanto. Passeios em Valparaíso e Viña del Mar. Visitas a vinícola na província de Casablanca. Jantares com um carménère especial. E olha que os carménères chilenos são ótimos. Peixes, frutos do mar, iguarias do Pacífico. E bons shows noturnos também. Santiago recebeu no último final de semana o congresso técnico da Federação Gaúcha de Futebol. Como? Sim. A FGF se organizou na capital chilena para montar o riquíssimo Campeonato Gaúcho.

Um total de 55 foram agraciadas pela Federação. Grande parte, dirigentes dos clubes de futebol do Estado. Acompanhados de suas esposas, é claro, pois elas também têm direito a opinar sobre o regulamento do Gauchão. Não que não tenham feito umas comprinhas, afinal de contas, ninguém resiste a um shoppingzinho no exterior. Em tempo: são estes dirigentes que votam para a escolha do presidente da FGF. O presidente atual é o competente empresário Francisco Novelletto, desde 2004 no cargo.

A FGF já havia feito congressos em Montevidéu e Buenos Aires. Desta vez, foi se inspirar no Chile, no luxuoso Regal Pacific, que fica a poucas quadras dos refinados shoppings Parque Arauco e Alto Las Condes. Pensaram bem os homens da FGF: ficar próximo a centros comerciais significa economizar no táxi. Não visitaram nenhum centro de treinamento que pudesse servir de modelo. Foram ao Estádio Nacional, local de tortura dos presos políticos chilenos em 1973. Também não foram a qualquer clube. Nem passaram em frente a sede da ANPF, a Associação Nacional de Futebol Profissional do Chile. Que, aliás, esteve sob suspeita de manipulação no ano passado.

Valparaíso sim, esteve no roteiro. Viña Del Mar também, onde conheceram uma nobre vinícola na província de Casablanca. Prefiro não entrar no detalhe dos espetáculos noturnos, pois não tenho mais informações. Do Chile, veio a brilhante idéia da realização de um Gre-Nal em Boston, nos EUA, válido pelo Gauchão 2012. Quer dizer, o sócio da dupla paga mensalidade o ano inteiro e na hora do maior jogo, vai pra frente da tv. É assim que a FGF quer ajudar os clubes a terem mais associados.

Foi durante a gestão de Francisco Novelletto que o Rio Grande do Sul ganhou mais duas Libertadores e um Mundial, com o Inter. Mas dez anos atrás tínhamos três clubes na primeira divisão, um na segunda e dois na terceira. Em 2012, serão dois na primeira, nenhum na segunda e um na terceira.

E atenção: a Federação não fará seu próximo congresso em Santiago. No ano que vem deverá ser um cruzeiro, saindo da Flórida pelas Bahamas. Lá, também se organiza muito bem o futebol.

0 comentários:

Postar um comentário