Pages

28 de novembro de 2011

Pastor Silas Malafaia teria chamado colunista Eliane Brum de vagabunda

O jornal The New York Times, publicou, na última semana, uma extensa matéria sobre o pastor da Assembléia de Deus e apresentador do “Vitória em Cristo”, Silas Malafaia, na qual ele chama a jornalista da Revista Época, Eliane Brum, de “vagabunda”.

“Durante a entrevista, ele chamou Brum de “tramp” (que em livre tradução, corresponde ao termo "vagabunda"), diz a matéria do The New York Times. A jornalista afirmou estar "chocada" com a declaração.

No entanto, após o polêmica, o pastor admitiu que usou uma palavra inapropriada, mas disse que se referiu à coluna, não ao caráter de Eliane. Em seu TEXTO, a jornalista da revista Época falava a respeito do preconceito de alguns evangélicos contra os ateus.

Leia a íntegra da nota de Malafaia:

"Há uma semana concedi por três horas uma longa entrevista para o jornal The New York Times. De fato, usei uma palavra inapropriada, mas jamais tive a intenção de ferir a honra da jornalista Eliane Brum. Na verdade, mencionei a palavra “vagabunda” para qualificar o caráter do artigo escrito por ela, intitulado A dura vida dos ateus em um Brasil cada vez mais evangélico, o qual era preconceituoso. De forma nenhuma me referi ao caráter da jornalista.

Após o mal-entendido, enviei um e-mail para Eliane Brum, esclarecendo o fato e pedindo as devidas desculpas. Afinal, errar é totalmente humano, e nunca deixei de reconhecer meus erros por vaidade pessoal. Quando erro, costumo pedir desculpas.

É lamentável que, após uma entrevista que rendeu quase uma página no The New York Times, algo raríssimo de acontecer com um brasileiro, a mídia se focou apenas em uma palavra. É só isso que se pode aproveitar dessa reportagem?”
Fonte

0 comentários:

Postar um comentário