Pages

8 de fevereiro de 2012

Paulo Pelaipe afirma que 70% da imprensa de Porto Alegre é colorada


O diretor de futebol do Grêmio, Paulo Pelaipe, soltou o verbo contra a imprensa da Capital, a arbitragem do último Gre-Nal (empate de 2 a 2 no Olímpico), e autoridades públicas em entrevista à rádio Cultura 105.9 FM na manhã desta quarta-feira, em Erechim onde o tricolor jogará às 22h contra o Ypiranga, pelo Gauchão 2012.

Segundo Pelaipe, as vaias da torcida ao final do Gre-Nal do último domingo, 5, teriam vindo de ‘meia dúzia de torcedores’, o que não preocuparia a direção – que reconheceria a necessidade de se dar mais tempo para que a equipe do técnico Caio Jr. encontre o ‘entrosamento ideal’. “Existe uma ânsia do torcedor por conquista, existe uma pressão muito grande da imprensa... 70% da imprensa em Porto Alegre torce para o Inter. Então, tudo o que se faz no Inter é maravilhoso, no Grêmio tudo é mais difícil. São pressões sempre conduzindo a equipe do Grêmio pro lado negativo, destrutivo. Estamos acostumamos com isso, e sabemos disso. Na hora certa a respostará será dada”, disparou Pelaipe durante o bate-papo com o repórter da Cultura, Armando Anacleto Nabas.

Em entrevista para a imprensa da capital na noite desta quarta-feira, o dirigente Paulo Pelaipe voltou a afirmar sobre a pesquisa e citou que Cláudio Cabral (Band) e Guerrinha (Gaúcha) são colorados declarados e Edgar Schimdt (Guaíba) é neutro. Os três profissionais citados são os comentáristas da partida Ypiranga x Grêmio desta noite, 08.

Com informações do Jornal Boa Vista

0 comentários:

Postar um comentário