Pages

13 de fevereiro de 2012

Votação da PEC dos Jornalistas será no dia 29 de fevereiro

A Fenaj (Federação Nacional dos Jornalistas) e a Frente Parlamentar em Defesa do Diploma trabalham pela votação da PEC dos Jornalistas, que reinstitui a exigência do diploma para o exercício profissional do Jornalismo, em segundo turno no Senado no dia 29 de fevereiro. Com acordo de lideranças já firmado pela segunda votação da PEC, dirigentes da Fenaj dialogaram na semana passada com o autor da proposta, senador Antônio Carlos Valadares (PSB/SE), com o relator, senador Inácio Arruda (PCdoB/CE), e com os coordenadores da Frente Parlamentar em Defesa do Diploma, deputados Paulo Pimenta (PT/RS) e Rebecca Garcia (PP/AM).

A avaliação geral foi de que a melhor data para colocar a PEC 33/09 em votação no plenário do Senado será mesmo o dia 29. “Como necessitamos de 49 votos favoráveis para que o texto seja aprovado, embora já tenhamos um número superior de senadores em apoio à proposta, precisamos votar a proposta com o plenário cheio”, explicou o presidente da federação, Celso Schröder. A orientação da entidade é de que todos os apoiadores da campanha em defesa do diploma ampliem a mobilização para assegurar a presença dos senadores de seus estados em Brasília no dia 29, bem como seu apoio à PEC.

A agenda de contatos institucionais da Executiva da Fenaj em Brasília incluiu um encontro com o deputado André Moura (PSC/SE) sobre os passos a serem tomados pela aprovação do Projeto de Lei 2960/11, que institui o piso nacional dos jornalistas. Celso Schröder contou que a Frente Parlamentar em Defesa do Diploma apoiará o autor do projeto do piso pela constituição de uma nova frente em defesa da proposta. Segundo ele, o esforço concentrado da Executiva da Fenaj nos contatos com parlamentares foi extremamente positivo. “As questões do diploma, da segurança e do piso dos jornalistas conformam nossa grande agenda em defesa do exercício pleno do Jornalismo com liberdade, condições de trabalho e democracia”, disse o dirigente gaúcho. Fonte

0 comentários:

Postar um comentário