Pages

24 de novembro de 2012

Rádio cresce 10,04% no primeiro semestre

O meio rádio encerrou o primeiro semestre de 2012 com faturamento de R$ 564 milhões, 10,04% a mais que o mesmo período do ano passado, quando arrecadou R$ 512 milhões.

O desempenho próximo à media do mercado, contudo, não o fez saltar na participação no bolo publicitário, que é de 3,95%, segundo o Projeto Inter-Meios. Os dados do faturamento publicitário de janeiro a junho de 2012 foram divulgados no dia 10 de setembro. Para executivos, a chegada de novos ouvintes via plataformas digitais pode aquecer o meio Rádio. De maneira geral, os profissionais das emissoras acreditam que o meio fechará o ano com resultados melhores que os do semestre, principalmente por conta da audiência online, em franca expansão. Além disso, a maior participação das agências de publicidade no veículo é apontada como uma das questões sensíveis, e que pode contribuir com maior share do meio. Já as eleições municipais colaboram com a estagnação da verba publicitária, uma vez que, ceder parte significativa do horário nobre pelas manhãs e ao final da tarde para a propaganda político-partidária, além das inserções gratuitas ao longo da programação, resulta em menos comerciais.

Danilo Brandão Fuin, diretor comercial da rádio Antena 1, esperava faturamento um pouco melhor no primeiro semestre. Porém, o fiel da balança foi a mídia online e a abertura de mais uma praça, em São José dos Campos, no interior de São Paulo. Com isso, Fuin afirma que a emissora conseguiu manter praticamente a mesma receita de 2011. Outro fator, a Olimpíada, que tradicionalmente alavanca as receitas para as rádios de notícias e esportivas, não tem o mesmo efeito nas emissoras musicais.

Segundo Álvaro Leopoldo e Silva de Carvalho, diretor comercial da Jovem Pan AM, no primeiro trimestre do ano, o faturamento publicitário foi bastante proveitoso. Para eles, a continuidade de alguns anunciantes e a chegada de novos têm garantido bons resultados. Já o diretor comercial das emissoras cariocas Super Rádio Tupi AM/FM avalia que o primeiro semestre foi ótimo, com avanço de 18% da receita publicitária em relação ao mesmo período de 2011.

O Projeto Inter-Meios é um relatório de investimentos em mídia no Brasil tabulado pela empresa de auditoria PricewaterhouseCoopers com exclusividade para o Grupo Meio & Mensagem, que coordena o projeto. O trabalho mede, mensalmente, os investimentos em veiculação feitos pelos anunciantes na mídia brasileira. Estima-se que ele mensure 90% do total das verbas. Os participantes do projeto encaminham seus dados diretamente à auditoria. Informações completas podem ser encontradasaqui.

0 comentários:

Postar um comentário