Pages

9 de fevereiro de 2013

Juventude de Zulu vence de virada o Grêmio no Jaconi

Foto: Arthur Dallegrave

Em dia de carnaval, quem fez a festa foi o Juventude que sambou na tarde deste sábado, 09, no Estádio Alfredo Jaconi em Caxias do Sul ao derrotar o Grêmio de virada pelo placar de 2 a 1.

Um primeiro tempo sem qualidade, com poucos chutes a gol, o Juventude foi superior a equipe gremista com três finalizações contra uma do time gremista. O papo foi prejudicado em apenas um momento na primeira etapa, quando o seu ex-atleta Alex Telles deveria ter sido expulso aos 9'. O Grêmio ainda teve um gol anulado por impedimento.

No segundo tempo, o Grêmio começou melhor e marcou aos 3' com Yuri Mamute de cabeça, após Tony levantar a bola na grande área. Em seguida, o Juventude teve um gol anulado por causa de impedimento, e o Zulu aos 14' jogou uma bola na trave.

Aos 33' Zulu empatou a partida na cobrança de pênalti, ao chutar no canto esquerdo e embaixo do goleiro gremista Marcelo Grohe. O pênalti foi cometido pelo Alex Telles aos 32'. O artilheiro Zulu virou o marcador aos 37' ao receber na área, girar e chutar forte para os fundos das redes. No final da partida Alex Telles foi expulso aos 48'.

Com a vitória, o time alviverde soma 11 pontos na competição, e volta campo na última rodada da Taça Piratini diante do Cerâmica, no Vieirão, em Gravataí, a partir das 16h. O time esmeraldino com o resultado está classificado para a segunda fase do primeiro turno.

Ainda na partida, um torcedor do Juventude passou mal no segundo tempo e foi socorrido por paramédicos.

Ficha técnica:

Juventude:
Fernando; Murilo, Fred, Diogo e Robinho (Diogo Oliveira); Rafael Pereira, Fabrício (Leo), Jardel (Douglas) e Alan; Rogerinho e Zulu. Técnico: Lisca.

Grêmio: Marcelo Grohe; Tony, Werley, Bressan e Alex Telles; Fernando, Marco Antônio, Ramiro e Jean Dereti (Guilherme Biteco); Yuri Mamute (Lucas Coelho) e Wilian José (Bertoglio). Técnico: Roger (Vanderlei Luxemburgo).

Arbitragem: Francisco Silva Neto, auxiliado por Julio Cesar Santos e José Inácio de Souza.

0 comentários:

Postar um comentário