Pages

20 de outubro de 2013

Clássico Gre-Nal 398 fica no empate em Caxias do Sul

Foto: Rádio São Francisco Sat

O clássico dos ingressos terminou empatado em 2 a 2, na tarde deste domingo, 20. O Gre-Nal 398 foi realizado no Estádio Centenário, em Caxias do Sul.

Antes de começar a partida, os jogadores do Inter e do Grêmio se abraçaram para demonstrar a paz no Estádio. O jogo foi empolgante do início ao fim.

O placar foi aberto logo aos 3' quando Otávio roubou a bola e encontrou Willians. O atleta colorado chutou forte fora de área, no canto de Dida, marcando o primeiro da partida.

Um primeiro tempo equilibrado, mas o Grêmio conseguiu empatar aos 41' com o gol contra de Jackson, que tentou cortar, mas acabou colocando a bola para os fundos da rede.

No segundo tempo, o jogo começou movimentado e aos 6', o time gremista virou o marcador. Ramiro puxou o contragolpe e de tabela pela esquerda com Kleber, o Gladiador encontrou o chileno Vargas, que ao driblar o goleiro Muriel, tocou para as redes.

A festa gremista não durou muito, aos 15' de pênalti, o argentino D'Alessandro igualou o score, ao cobra no canto esquerdo. O goleiro Dida acertou o canto, mas a bola passou por baixo dele.

Durante a segunda etapa o jogo continuou movimentado, com um pouco de superioridade do Internacional, porém, o Grêmio teve momentos que ficou próximo de ficar novamente a frente do placar. O público total no Estádio Centenário foram de 17.107 torcedores.

O resultado de empate não foi bom para as duas equipes no Campeonato Brasileiro. O Grêmio com 53 pontos, permanece em segundo lugar, mas está distante do líder Cruzeiro. E o Inter com 42 pontos, está estagnado em 9º lugar.

A dupla Gre-Nal volta a jogar na quarta-feira, 23, às 21h50min, pela Copa do Brasil. No Estádio Durival Britto o Inter enfrenta o Atlético-PR, e o Grêmio diante do Corinthians na Arena.

Ficha técnica
Inter

Muriel; Gabriel, Jackson, Juan e Kleber; J. Afonso, Willians, Jorge Henrique (Forlán), D'Alessandro e Otávio (Caio); Leandro Damião (Rafael Moura). Técnico: Clemer

Grêmio
Dida; Pará, Werley (Saimon), Bressan e Alex Telles; Souza, Ramiro e Riveros; Vargas, Kleber (Wendel) e Barcos (Yuri Mamute). Técnico: Renato Gaúcho.

A arbitragem foi de Marcelo de Lima Henrique (RJ), auxiliado por Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Celso Barbosa de Oliveira (SP).

0 comentários:

Postar um comentário