Pages

15 de outubro de 2013

‘The Big Bang Theory’ é o seriado com o intervalo mais caro da TV americana

Os nerds da série The Big Bang Theory podem comemorar a popularidade. O programa exibido nos Estados Unidos pelo canal CBS é o seriado com o tempo de intervalo mais caro da TV americana, informou o site Adweek após uma pesquisa com as empresas anunciantes. Uma propaganda de 30 segundos durante um episódio da sétima temporada do sitcom custa 326 260 dólares. O valor deixa para trás outras séries de sucesso como o reality The Voice (264 575 dólares), a vencedora do Emmy Modern Family (257 435 dólares) e a animação The Simpsons (256 963 dólares).

A supervalorização do horário tem um motivo óbvio: a audiência do programa é altíssima com uma média de 19 milhões de espectadores a cada três episódio. Só o primeiro capítulo da nova temporada foi visto por mais de 20,4 milhões de pessoas. Outro trunfo é o público atingido composto por uma grande porcentagem de adultos entre 18-49 anos, vistos como consumidores em potencial pelas marcas.

Por enquanto, os únicos que conseguem vencer a série são os programas esportivos, especialmente os jogos da Liga Nacional de Futebol Americano (NFL), que cobram 595 000 dólares por 30 segundos de comercial.

Salários – Com o sucesso, os atores da série também se movimentam para ganhar sua parte em dinheiro. O trio principal negocia um aumento de salário para a oitava temporada. Jim Parsons e Johnny Galecki, que interpretam os nerds Sheldon e Leonard, e Kaley Cuoco, a Penny, vizinha da dupla, querem meio milhão de dólares por episódio mais participação nos lucros de distribuição do programa.

Já as atrizes Mayim Bialik e Melissa Rauch, que vivem Amy e Bernadette respectivamente, fecharam um generoso acordo e vão ganhar 60 000 dólares por capítulo da sétima temporada, o dobro do valor que ambas recebiam nas temporadas anteriores. O acerto prevê também aumentos gradativos por ano até chegar a 100 000 dólares por episódio. Fonte

0 comentários:

Postar um comentário