Pages

10 de julho de 2014

Um ano da apresentação da minha Monografia histórica

A minha vó Bela que é torcedora do Grêmio e do Palmeiras, foi a primeira pessoa que falei da minha aprovação no TCC

No dia 10 de julho de 2013, exatamente às 11h15min eu iniciava a apresentação do meu Trabalho de Conclusão do Curso (TCC). Foi nesta data com o tema: Juventude 100 anos - Uma passado de glórias com a imprensa, que eu colocava em campo a minha história e trajetória no curso de Comunicação da UCS, com a habilitação em Jornalismo, todo o meu conhecimento e estudo de duas coisas que sempre gostei desde pequeno, o Jornalismo (o Rádio está muito incluído nisto) e o futebol.

Fui criado praticamente dentro de um estádio de futebol, com o meu pai eu ia em vários jogos do Caxias (ele torce também para o Inter); e com a minha mãe acompanhei as decisões dos títulos do Juventude (ela torce para o Grêmio).

Na imprensa eu tive a oportunidade desde novo, de conhecer alguns dos estúdios das rádios de Caxias do Sul; e também de ouvir muitas coisas, tantas transmissões e programas esportivos, musicais e entretenimentos, de variados veículos locais, regionais e até nacionais. Aliás, até hoje gosto de ouvir transmissões de emissoras de diversos lugares.

Quando realizei a minha Monografia, eu já trabalhava no rádio e inclusive, era operador e produtor do programa de esportes Na Torcida, da São Francisco Sat. O Na Torcida que eu me despedi na metade deste ano de 2014, portanto, também foi importante nesta minha trajetória, e acabou me ajudando muito...

Quando apresentei o TCC foi um momento muito especial, por toda a minha trajetória e também a dificuldade para realizar o trabalho de conclusão, porque tratar da história de um clube não é fácil. Para realizar o estudo necessita de muitas pesquisas, contudo, ainda em Caxias do Sul, existe um problema bem grande de referências bibliográficas do Juventude e do Caxias; e sim, um clube depende do outro, e assim, a história é construída.

E com muita garra, raça e superação, aos poucos fui desenvolvendo o trabalho. E claro, mesmo eu ter me afastado do futebol, mas trabalhando em programas de esportes, o que eu mais gostava era de ir aos jogos e ficar acompanhando não apenas as partidas, mas ver a emoção da torcida, através dos gritos de gols, e aqueles momentos de vitórias e derrotas.

No dia que apresentei a Mono, agradeci posteriormente a uma grande equipe que fez e faz parte desta minha trajetória. E é interessante, que ao nomear cada pessoa que participou deste trabalho, e não foram apenas aqueles que estiveram presentes naquele instante, mas por toda a minha história de vida.

Uma Monografia é isto, uma história de vida realizada desde que tu nasceu, e pra mim pelo menos foi isto que aconteceu. A nota é apenas um valor simbólico, porém, não deixa de ser importante também por todo o contexto, assim sendo, passei com o conceito máximo 4.

Um ano se passou da Mono, e obrigado a todos, mesmo a aqueles que não estão mais presentes na minha vida hoje, mas que fizeram parte deste tão espetacular Trabalho de Conclusão do Curso.

Por: Ivan Sgarabotto

0 comentários:

Postar um comentário