Pages

29 de novembro de 2014

Aos prantos, ator de Seu Barriga lamenta morte de criador de Chaves

Foto: SBT/Divulgação

Intérprete do Seu Barriga, Edgar Vivar despediu-se aos prantos de Roberto Gómez Bolaños, o criador do Chaves, morto nesta sexta-feira (28) em Cancún, no México. O ator foi entrevistado por telefone pela Televisa, mas estava muito emocionado e não pôde terminar o adeus ao amigo. Outros atores de Chaves e o presidente do México, Enrique Peña Nieto, também lamentaram a morte do comediante.

"Recordo [Roberto Gómez Bolaños] sempre com um sorriso e um brilho nos olhos. Agradeço a Deus pelo trabalho que fez", disse na Televisa Edgar Vivar, ofegante e sem conseguir conter as lágrimas. No Twitter, o ator disse que Chaves continuará em seu coração.

"Roberto, não se vá, permanece em meu coração e em todos os corações de tantos que nos fizeram felizes. Adeus, Chaves, até sempre", escreveu na rede social.

Maria Antonieta de las Nieves, a Chiquinha, que chegou a brigar com Chaves na Justiça pelos direitos de uso da personagem, também publicou no Twitter uma mensagem de despedida a Roberto Gómez Bolaños. "Obrigado por ter feito tanta gente feliz e pelos maravilhosos momentos que compartilhamos no grupo. Descanse em paz, Roberto", escreveu.

Carlos Villagrán, o Quico, escreveu no Facebook que sente muito "a morte de um grande homem, amigo, gênio". "Tantos países, tantas pessoas foram tocadas pelo talento desta grande pessoa, que me abriu as portas para desenvolver o personagem Quico. Para ele, todo meu agradecimento, minha tristeza e minha dor. Somente quando se vive a realidade de uma ausência, se descobre o verdadeiro sentimento de uma amizade e um grande mestre", lamentou.

Ruben Aguirre, o Professor Girafales, mandou um abraço à família de Bolaños e compartilhou com os ex-colegas de Chaves a perda do comediante. "Roberto merece a melhor das homenagens, ultrapassou fronteiras, idades e estratos sociais. sua obra ficará na história da comédia mexicana", escreveu no Twitter.

Ricardo de Pascual, que interpretou Senhor Calvillo, Senhor Furtado e outros personagens secundários de Chaves, escreveu em sua página no Facebook que a memória de Chespirito, como Bolaños é conhecido, estará viva: "Aqui vamos sentir sua falta. Enquanto te recordemos, viverá, amigo".

Graciela Gómez, filha de Roberto Gómez Bolaños, publicou no Instagram uma faixa preta de luto. O comediante deixa seis filhos, todos do primeiro casamento com Graciela Fernández, morta em 2013.

Presidente do México, Enrique Peña Nieto lamentou no Twitter a morte de Roberto Gómez Bolaños e reconheceu a importância do comediante para a cultura mexicana: "Lamento profundamente o falecimento de Don Roberto Gómez Bolaños, Chespirito. Minhas condolências à sua família. México perdeu um ícone, cujo trabalho transcendeu gerações e fronteiras".

O comediante Roberto Gómez Bolaños, criador do Chaves, morreu nesta sexta-feira (28), aos 85 anos. A morte do ator e escritor foi confirmada pela emissora mexicana Televisa, que interrompeu a programação para exibir um especial com os melhores momentos da carreira do humorista. O SBTexibiu um especial sobre Bolaños, gravado no final do ano passado.

Bolaños vivia isolado em Cancún, cidade litorânea do México, com a mulher, Florinda Meza, a Dona Florinda da série Chaves. O comediante tinha problemas respiratórios e de locomoção, e estava desde o final do ano passado respirando com um cilindro de oxigênio.

Com informações do Notícias da TV

0 comentários:

Postar um comentário