Pages

5 de fevereiro de 2011

Marginais atacam ônibus com jogadores dos Corinhians dentro e a imprensa fora

O manifesto da torcida quando um clube perde é válido e de direito do torcedor por exigir melhores resultados da equipe, no momento que ela passa dos limites e agride profissionais, perde a razão e a validade do manifesto.

Na manhã deste sábado (05), marginais que se dizem ser torcedores do Corinthians, mas que são patrocinados por dirigentes e até por alguns atletas e pela imprensa (não todos), atacaram o ônibus do Corinthians que era escoltado pela polícia e profissionais da comunicação levaram a pior, por não ter proteção.

Felizmente os jogadores corintianos não sofreram os ataques na "pele", mas lamentavelmente os colegas da impresa foram agredidos, com os ataques dos marginais, vândalos e criminosos.

É de se indignar com estas atitudes de mais 300 "torcedores" do timão, logo após o clube ser eliminado da pré-libertadores na última quarta-feira (02). A realidade existe porque deixaram tomar conta e tem muitos dirigentes e "coleguinhas" fingindo que são contra, mas batendo palmas pela forte pressão e este é o lado ruim e podre do futebol.

Foto: Marcos Ribolli / Editoria de Arte GE.COM

0 comentários:

Postar um comentário