Pages

1 de fevereiro de 2011

Torcedores morrem mais de problema cardíaco quando seus times perdem

Assistir à derrota do próprio time, ainda mais se for a final de um campeonato, deixa qualquer torcedor nervoso e triste. No entanto, uma pesquisa realizada nos Estados Unidos mostrou que esse estresse emocional é capaz de causar problemas mais graves do que uma simples irritação. Os resultados confirmaram que esses torcedores podem, literalmente, morrer do coração.

Feito pela Universidade do Sul da Califórnia, em Los Angeles, o estudo foi publicado nesta segunda-feira (31) na revista científica Clinical Cardiology.

Para realizar a pesquisa, os cientistas avaliaram duas partidas de futebol americano do time de Los Angeles e cruzaram as informações com as mortes relacionadas a doenças cardíacas. Na primeira partida, em 1980, a equipe perdeu a grande final do Super Bowl, um dos maiores eventos esportivos do mundo. Já em 1984, o time venceu a finalíssima.

De acordo com o autor do estudo, Robert Kloner, do Instituto do Coração da universidade, os resultados mostraram que a derrota de 1980 aumentou o número de mortes cardíacas tanto em homens como em mulheres, afetando principalmente os idosos. Segundo o estudo, a taxa de mortalidade por problemas circulatórios após esse jogo aumentou 15% entre os homens, 27% entre as mulheres e 22% entre os mais velhos.

Por outro lado, Kloner revela que a vitória de 1984 ajudou a reduzir o número total de mortes por problemas cardíacos, principalmente dos mais velhos e das mulheres.

- Médicos e torcedores precisam estar cientes de que o estresse causado pelos jogos provoca uma resposta emocional que pode dar origem a um problema cardíaco. Para evitar isso, programas de redução de estresse e alguns medicamentos podem ser usados em certos casos. Fonte

0 comentários:

Postar um comentário