Pages

29 de março de 2011

Ditador Hugo Chávez recebe prêmio por liberdade de expressão e causa polêmica na Argentina

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, recebeu nesta terça-feira (29), na cidade argentina de La Plata, um prêmio por sua "contribuição à liberdade de expressão", "à comunicação popular e à democracia", conforme informa a BBC Brasil. A autora da ideia foi a reitora da Faculdade de Jornalismo da Universidade Nacional de La Plata (UNLP), Florência Saintout, que diz que Chávez é merecedor do prêmio por sua "contribuição à liberdade de expressão na América Latina".

Em entrevista à rádio Diez, Florência justifica a premiação pelo contexto no qual se encontra a comunicação no país. "Nós acreditamos que existe liberdade de imprensa na Venezuela e entregaremos o prêmio a um presidente pelo que faz pela comunicação popular", afirmou.

No editorial desta terça (29), o La Nación declarou que "é um engano" que o presidente venezuelano receba o prêmio "por sua contribuição à comunicação popular, especialmente depois de ter patrocinado o fechamento da Rádio Caracas Televisão (RCTV) e várias emissoras de rádio, assim como pressionado a emissora de televisão (privada e de oposição) Globovisión". O jornal Âmbito Financeiro disse também que a premiação é um ato "insólito", dada à forma como Chávez "administra a imprensa".

Após tomar conhecimento da polêmica em torno da premiação, o presidente Chávez declarou na noite de segunda-feira (28), ao desembarcar em Bueno Aires, que se sente "honrado" com o prêmio, "apesar de ter lido (na imprensa argentina) que o ditador Chávez não merece a homenagem. Nós não fechamos um meio de comunicação sequer na Venezuela. Temos plena liberdade de expressão", afirmou.

Segundo os organizadores, cinco mil pessoas foram esperadas para assistir à entrega da homenagem em La Plata. O prêmio, chamado Rodolfo Walsh em homenagem à um jornalista desaparecido na ditadura argentina (1976-1983), foi dado em 2009 ao presidente da Bolívia, Evo Morales. Fonte

1 comentários:

Postar um comentário