Pages

12 de março de 2011

Transamérica nega e repudia sua “venda” para a Record

A Rede Transamérica de Comunicação, encabeçada pela Transamérica Pop FM 100.1 de São Paulo, divulgou ontem um comunicado para toda a sua rede repudiando e desmentindo as informações veiculadas de forma não-oficial na internet sobre uma possível venda da rede nacional para o Grupo Record, com a intenção de criação do projeto radiofônico da Record News.

O comunicado foi enviado para todos os afiliados das redes Transamérica Pop, Transamérica Hits e Transamérica Light, negando que a emissora tenha sido negociada para a Rede Record. Na informação que circula em “blogs” e redes sociais na internet, a Transamérica negociou a venda de todas as emissoras que compõe a rede própria da marca para a Record. No lugar da Transamérica nasceria a Rede Record News.

As informações veiculadas por essas páginas na internet ganharam uma grande proporção e muitos profissionais da área já deram como certa a venda da emissora. Por enquanto não existe nenhum comunicado oficial que caracterize a venda, seja por parte da Transamérica como também da Record. A única nota oficial é a negativa da diretoria Transamérica neste comunicado aos afiliados, informando que a venda é meramente um boato.

A rede própria da Transamérica é composta pelas rádios: Transamérica Pop FM 100.1 de São Paulo, Transamérica Pop FM 100.1 de Brasília, Transamérica Pop FM 100.1 de Salvador, Transamérica Pop FM 101.3 do Rio de Janeiro, Transamérica Pop FM 100.3 de Curitiba, Transamérica Hits FM 88.7 de Belo Horizonte, Transamérica Pop FM 92.7 do Recife e Transamérica Light FM 95.1.

No comunicado a Transamérica reforça o peso de sua marca e afirma que segue em expansão pelo país. Em breve mais detalhes sobre este caso, considerado o mais comentado pelos profissionais do meio rádio nos últimos meses. Fonte

0 comentários:

Postar um comentário