Pages

21 de maio de 2011

A decadência da rádio Pop Rock FM na programação reflete no pior desempenho na audiência

A rádio Pop Rock FM (107.1) que voltou ao campus universitário da Ulbra em Canoas, no dia 13 de maio, após um período em Porto Alegre (2007-2011), apresentou uma nova queda na audiência, conforme a última medição do Ibope (Instituto de pesquisas), realizado em Porto Alegre (05h-00h, todos os dias e locais, fevereiro a abril de 2011).

De acordo com os números do instituto de pesquisa, a rádio jovem registou o menor índice de sua história e foi ultrapassado pela BandNews FM (99.3), uma emissora focada apenas em jornalismo.

A rádio Pop Rock que enfrenta uma crise de identidade e também financeira há muito tempo, a cada pesquisa realizada, perde audiência. O problema é o descontentamento dos ouvintes/público com a programação e com o cast da emissora.

As saídas dos comunicadores Adriano Domingues e Simone Cabral foram as mais sentidas pelos ouvintes da rádio jovem. No ano passado, além de Domingues e Cabral, foram demitidos Márcio Paz e Daniela Hilzendeger. Ainda em 2010, a locutora Sabrina Homrich se despediu dos ouvintes em abril por motivos profissionais e pessoais.

O mês de maio deste ano de 2011, a rádio Pop Rock teve novas mudanças no cast de locutores, como a saída da radialista e jornalista Carol Reque que se transferiu para a concorrente Ipanema FM (94.9), o comunicador Ricardo Padão também saiu, e aguarda novidades com "muitas expectativas" e recentemente Grazi Oliveira, que comandava os programas Skate Player e Rota Pop Rock, não está mais na emissora.

O lado positivo das mudanças da rádio da Ulbra, foi a tentativa da renovação 'caseira' na equipe, com o acréscimo de Hans Anão e o aproveitamento do Perdigão e Rodrigo Vietnã, mas ainda existe um alta taxa de rejeição, não com os profissionais, mas com a própria emissora por causa de decisões contraditórias e contra o ouvinte que sempre esteve ao seu lado.

Por fim, afirmo que mudanças nos veículos de comunicação são normais, inclusive para uma rede de cinco emissoras (Pop Rock 107.1 da grande Porto Alegre, Pop Rock FM 94.3 de Carazinho, Pop Rock FM 95.3 de Gramado, Pop Rock FM 98.1 de Bagé e Pop Rock FM 105.1 de Cruz Alta). O anormal é a 'debandada' do público, junto com alguns profissionais e as decepções (escolhas).

Confira na íntegra a última pesquisa do Ibope, AQUI.

0 comentários:

Postar um comentário