Pages

2 de maio de 2011

EBC demite três por transmissão de pronunciamento errado de Dilma

Foto: Divulgação

O erro na veiculação nas rádios de todo o Brasil do pronunciamento oficial da presidente Dilma Rousseff, na última sexta-feira, provocou a demissão de três funcionários da EBC (Empresa Brasil de Comunicação).

A empresa, responsável pela geração das cadeias obrigatórias de rádio e TV, veiculou um pronunciamento feito por Dilma em 10 de fevereiro, no qual a presidente falava sobre a volta às aulas. Nas TVs, foi transmitido o pronunciamento correto.

Na sexta-feira, logo após o erro, a Presidência limitou-se a informar que houve "erro técnico" da EBC e que as responsabilidades sobre o caso seriam apuradas.

Na tarde de hoje, a EBC comunicou que "iniciou procedimentos para a demissão" de um operador, um coordenador, além da exoneração de um gerente.

"A apuração da EBC constatou que o operador da central técnica de rádio, embora sendo muito experiente, selecionou o arquivo errado, que o coordenador não supervisionou corretamente a operação, evitando o erro, e que o gerente da área ausentara-se durante atividade tão importante", afirma a nota da EBC, que não divulgou o nome dos demitidos.

A empresa afirma que iniciou o processo de demissão dos servidores concursados e exonerou o funcionário comissionado.

Depois do erro, o programa semanal de rádio "Café com a Presidenta", na manhã de hoje, foi usado para transmitir o pronunciamento. Segundo a Presidência, isso foi motivado pelo fato de a presidente não ter gravado o programa na sexta-feira. Ela se recupera de uma pneumonia. Fonte

0 comentários:

Postar um comentário