Pages

10 de janeiro de 2012

Governo gaúcho é campeão de contribuição ao futebol em 2011

O jornal Folha de S. Paulo divulgou na edição deste último domingo, 08, que Governos estaduais, federal e prefeituras deram ao menos R$ 95 milhões de dinheiro dos contribuintes no último ano para as equipes grandes e pequenas do futebol brasileiro. Apenas os estados de Paraná e Roraima que não repassaram o dinheiro público a clubes.

O estado que mais "contribuiu" ao futebol foi o Rio Grande do Sul. O contribuinte gaúcho pagou mais de R$ 33 milhões em 2011. O número estrondoso de dinheiro é praticamente para DUAS equipes da capital gaúcha, que tiveram uma 'singela' renovação de contrato com o banco Banrisul. Estima-se que o Grêmio e Internacional no novo contrato começaram a receber'apenas' R$ 14 milhões cada um.

Não se discute apenas o valor "contribuído", mas a falta do apoio financeiro para os times do interior, que não possuem nenhuma ajuda financeira do estado. Existe, apenas em privilégio da dupla GreNal que conseguem patrocínios facilmente. Em julho de 2011, o presidente do Banrisul, Túlio Zamin, disse que a parceria com o Grêmio e o Internacional se trata de negócio e não de patrocínio.

No mês de novembro, o banco 'de todos os gaúchos' lançou um fundo de investimento para comemorar os 10 anos da parceria entre o Banrisul e a dupla GreNal. O correntista torcedor agora pode investir com rentabilidade acima da inflação e os times serão beneficiados com uma parte da taxa de administração.

A câmara de vereadores de Caxias do Sul aprovou moção de apoio à dupla CaJu na tarde desta terça-feira, 10. De acordo com a assessoria da Casa, a iniciativa visa a manutenção do patrocínio do Banrisul aos clubes da cidade. O Banrisul que apoiou o Caxias e o Juventude na última temporada, suspendeu os recursos para esse ano de 2012.

0 comentários:

Postar um comentário