Pages

17 de março de 2012

PÁSCOA ANTECIPADA: Internacional dá chocolate e goleia Juventude por 7 a 0

Foto: Divulgação

O Internacional com time misto resolveu jogar mais e aplicou uma sonora goleada de 7 a 0 no Juventude, pela terceira rodada da Taça Farroupilha, na tarde deste sábado, 17, em Porto Alegre, no Estádio Beira Rio.

O Juventude tinha em campo uma equipe sem vontade, que "pode" ter derrubado o último técnico alviverde o Picoli, que "pode" querer o mesmo com o novo comandante Alexandre Barroso e que finalmente a direção esmeraldina "pode" ter acordado, após mais um vexame no Gauchão. Perder para o "super" time colorado campeão de tudo até pode ser considerado normal, mas é anormal, o elástico resultado e goleada que mais torturou os torcedores, que muitos pernas de pau alviverdes que estavam dentro de campo, mas não jogaram de novo.

O presidente do Juventude, Raimundo Demore, que chamou o time de "mamãezinha" e até disse que "pode" ter ocorrido um "bocoite", promete mudanças pra logo no papo, uma limpa quase geral no clube não vai ser surpresa no Alfredo Jaconi. Um time apático dentro do gramado passou dos limites.

O novo técnico do Juventude, que é também o todo poderoso do Banco BMG no time jaconero, Alexandre Barroso afirmou em entrevista coletiva, após o desastre no Beira Rio, que alguns jogadores não tem condições de vestir a camisa do Juventude, e ele fez ainda uma forte crítica aos atletas. "Uma coisa é você não dar o máximo de si. Outra coisa é não dar nada". Barroso também não tem condições de ser técnico do Juventude, e sim de exercer a função que tinha sido contratado anteriormente, o de diretor técnico.

A derrota de 1 a 0 na etapa inicial era muito aceitável, o Internacional com um time mais forte e entrosado abriu o marcador numa rápida cobrança de escanteio do argentino Dátolo. Aos 17' o artilheiro colorado Leandro Damião marcou, numa falha normal da zaga esmeraldina, que estava desacordada no lance. Durante o primeiro tempo o Juventude teve boas chances de lances e poderia até ter empatado, se tivesse time.

No segundo tempo, a maionese alviverde desandou de vez. O time papo se entregou, e os gols da equipe colorada saíram naturalmente para o desespero da torcida esmeraldina. Os gols na segunda etapa foram marcados por Dátolo aos 10', Leandro Damião aos 18', Jajá aos 31' e 35', Jô aos 37 e Oscar aos 39'.

O goleiro juventudista Follmam que estreava na partida, apesar dos 7 gols sofridos, foi o único atleta indignado com a situação do clube. Ele não teve culpa dos gols levados pelo fraco time do Juventude.

Um verdadeiro chocolate o Internacional aplicou no Juventude na tarde deste sábado na capital gaúcha. O Ju volta a campo no próximo sábado contra o lanterna Ypiranga, no Estádio Alfredo, a partir das 21h, pela quarta rodada do returno do Campeonto Gaúcho.

O Internacional na quarta-feira joga às 19h45 diante do The Strongest, em La Paz, na Bolívia pela Copa Libertadores, e pelo Gauchão no domingo, às 18h30 contra o São José, no Beira Rio.

0 comentários:

Postar um comentário