Pages

22 de fevereiro de 2013

A venda do Canal Rural da RBS TV


Foto: Divulgação/Canal Rural

A J&F, holding que controla o Grupo JBS, anunciou na quarta, dia 20, a aquisição do Canal Rural, emissora de TV de abrangência nacional, com foco no conteúdo voltado ao agronegócio, que pertencia ao Grupo RBS. O contrato de aquisição foi assinado na tarde desta quarta, em São Paulo, pelo presidente da holding, Joesley Batista. O valor da operação não foi divulgado.

A J&F, controladora da maior empresa de processamento de proteína animal do mundo, assume 100% do controle do Canal Rural e do Portal RuralBR. Para realizar a aquisição, a holding informou ter utilizado apenas recursos próprios.

Segundo a RBS, grupo de comunicação presidido por Eduardo Sirotsky Melzer, o Canal Rural é uma empresa rentável, que atingiu em 2012 um faturamento de R$ 50 milhões. O motivo da rede gaúcha ter optado pela venda é o fato de este negócio não estar alinhado com a estratégia futura da RBS.

O presidente da J&F, Joesley Batista, disse que, com a compra da emissora o grupo pretende ficar mais próximo dos produtores rurais, já que pesquisas recentes mostram que, no meio rural, o veículo televisão é o meio mais eficaz de comunicação. Segundo Batista, o grupo está sempre atento a oportunidades para novas aquisições no mercado e não é sempre que se encontra um ativo desta qualidade à venda.

Batista afirmou ainda que a J&F acredita no potencial do agronegócio e que, por isso, não há nada mais alinhado com esta expectativa do que investir no canal que é líder na cobertura jornalística do setor. O presidente da holding não revela quais os investimentos previstos para o Canal Rural, mas informa que os planos ainda serão discutidos com base nas estratégias futuras e anunciados posteriormente.

Os novos controladores da emissora garantem, porém, que não pretendem mudar o atual formato de negócios, baseado em TV e no portal RuralBR. Projetos em andamento como SmartTV, dispositivos móveis, educação e eventos estão mantidos. A programação também não deve ser alterada e a J&F garante que não haverá mudanças nos cargos de comando da emissora da TV.

A receita do Canal Rural é baseada em publicidade, leilões e eventos. Na área publicitária, os diretores da emissora dizem que vêm registrando um crescimento de 20% ao ano com uma estratégia de plataforma de comunicação para o setor do agronegócio, abrangendo mídias como internet e mobile.

Joesley Batista nega que haja qualquer intenção do grupo em blindar a JBS de críticas por parte do jornalismo especializado e garantiu que o Canal Rural não será pautado pelos interesses da empresa. Batista destacou que o Canal Rural vai continuar seguindo os padrões de ética de um veículo de comunicação, com conteúdo imparcial. Fonte

0 comentários:

Postar um comentário