Pages

11 de junho de 2013

Juventude é o clube do interior com mais torcida no Gauchão 2013 e o Grêmio fica em primeiro na média geral


O Campeonato Gaúcho 2013 foi conquistado pelo Internacional nos dois turnos da competição, porém, o campeão de torcida neste ano foi a do Grêmio; e no interior do estado, o Juventude foi o time que mais levou torcedores aos Estádios. O Lajeadense, clube campeão do interior em 2013, ficou apenas na 10ª posição.

Conforme a pesquisa divulgada pela PLURI Consultoria, o Grêmio teve um público total de 90.997, com uma média de 10.111 por partida. Na segunda colocação aparece o Internacional que neste ano não joga no Beira-Rio, devido as reformas em seu estádio para a realização da Copa do Mundo, o clube colorado teve um público total de 78.891 e a média de 6.574 torcedores.

O Juventude ficou na terceira posição com um público total de 26.480 e a média de 2.504 jaconeros (novo apelido dado aos torcedores que assistem as partidas no Estádio Alfredo Jaconi). Logo após aparecem o Pelotas (4º), Passo Fundo (5º), São Luís (6º), e em 7º lugar o Caxias com o público total de 14.149 e a média de 1.769 torcedores. A equipe grená é o único clube gaúcho que disputa o Campeonato Brasileiro - Série C, atrás apenas do Grêmio e Inter que jogam a 1ª Divisão da competição nacional.

Ainda conforme a pesquisa, o Lajeadense que faturou o titulo do interior gaúcho, e ganhou uma vaga para disputar a Série D do Brasileirão, ficou apenas na 10ª colocação com 5.286 torcedores e a média de 661. O Cruzeiro foi o clube que menos teve público nos Estádios com o total de 1.194, e a média de 171 por partida.

Confira a seguir o rank no estadual gaúcho, a informação (entre parenteses) é o rank nacional, seguido pelo nome do clube, a média de público, logo após o total de torcida, e por fim, a porcentagem do total de torcedores em nível nacional.

01. (15) Grêmio 10.111 90.997 1,46%
02. (26) Internacional 6.574 78.891 1,26%
03. (67) Juventude 2.648 26.480 0,42%
04. (71) Pelotas 2.504 20.033 0,32%
05. (83) Passo Fundo 2.082 18.736 0,30%
06. (87) São Luiz 1.896 18.957 0,30%
07. (94) Caxias 1.769 14.149 0,23%
08. (167) Novo Hamburgo 698 5.585 0,09%
09. (173) Santa Cruz 675 5.402 0,09%
10. (177) Lajeadense 661 5.286 0,08%
11. (211) Veranópolis 441 3.090 0,05%
12. (226) Esportivo 367 2.570 0,04%
13. (245) São José 291 2.325 0,04%
14. (246) Canoas 287 2.297 0,04%
15. (264) Cerâmica 192 1.341 0,02%
16. (269) Cruzeiro 171 1.194 0,02%

Ainda conforme a pesquisa, os 278 clubes que disputaram os 25 principais campeonatos Estaduais do Brasil em 2013 dividiram uma arrecadação total de R$ 123 milhões nas 2.467 partidas disputadas. Porém, essa distribuição foi bastante assimétrica, com grande concentração dos recursos em uma pequena quantidade de clubes:

Cruzeiro e Corinthians foram os destaques absolutos entre os clubes que disputaram os Estaduais. Juntos, os dois clubes foram responsáveis por 14% do total arrecadado pelos 278 clubes que participaram dos Estaduais;

O Cruzeiro foi o clube com maior renda média por partida, R$ 1,24 milhão por jogo, 25 vezes acima da média Nacional. No total, o clube Mineiro arrecadou R$ 8,65 milhões, segundo maior volume do Brasil. O Corinthians foi o segundo em renda média (R$ 787 mil/jogo) e primeiro em renda total (R$ 8,66 milhões);

O Bahia aparece na 3ª posição em renda média, com R$ 592 mil / jogo, e 6º em renda total (R$ 3,6 milhões). Na sequência vem o Atlético Mineiro, 4º em Renda média (R$ 505 mil/jogo) e 5º em Renda total (R$ 4,04 milhões), e o São Paulo, 5º em Renda média (R$ 409 mil/jogo) e 3º em Renda total (R$ 4,91 milhões);

A concentração é grande, o que ilustra a disparidade de força entre os clubes que disputam os Estaduais. A arrecadação do Corinthians (1º do ranking de receita total) equivale à soma da renda dos últimos 160 clubes do ranking total, que conta com 278 equipes;

Metade da renda bruta total é distribuída apenas entre os 17 primeiros colocados no Ranking de receita total, o que dá uma arrecadação média de R$ 3,6 milhões por equipe ao longo de todo o campeonato (média de R$ 387 mil / jogo). Por outro lado, a outra metade é dividida entre 261 clubes, cabendo a cada um a média de R$ 236 mil por todo o campeonato, e apenas R$ 26 mil/jogo.

Confira o top 30:


Clique na imagem para ampliar

0 comentários:

Postar um comentário