Pages

18 de dezembro de 2013

Pesquisa do Ibope revela que 40% dos brasileiros têm o Rádio como a primeira e segunda opção de acesso

O Instituto Ibope divulgou o resultado de uma pesquisa encomendada pela Secretaria de Comunicação do Governo Federal (Secom) que mostra que o rádio é o segundo veiculado mais acessado pela população, somando, entre a primeira e a segunda opção, mais de 40% dos brasileiros. Já 78% tem a TV como primeira opção, enquanto 13% tem como segunda.

O Ibope ouviu 18 mil brasileiros em várias cidades do país. A pergunta “Qual o meio de comunicação que você mais acessa?” admitia respostas múltiplas. O rádio ficou com a segunda colocação e, entre a primeira e segunda opção, somou 40%. A Internet vem em seguida com 29%.

Em agosto deste ano, o Ibope Media divulgou uma pesquisa realizada pelo Target Group Index que aponta que 73% dos brasileiros escutaram rádio nos últimos sete dias. Esse número corresponde aos brasileiros que vivem nas principais capitais e regiões metropolitanas do Brasil. A pesquisa foi feita em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Curitiba, Belo Horizonte, Salvador, Recife, Fortaleza, Brasília e nos interiores de São Paulo e das regiões sul e sudeste.

Ao todo, entre julho de 2011 e agosto de 2012, foram realizadas 20.736 entrevistas com pessoas de ambos os sexos das classes AB, C e DE, com idades entre 12 e 75 anos. A representatividade é de 49% da população brasileira entre 12 e 75 anos ou 71 milhões de pessoas. De acordo com o levantamento, nas rádios AM e FM, as músicas aparecem no topo da lista dos mais ouvidos (92%). Na sequência estão os noticiários locais (46%) e os nacionais (36%).

Já em setembro, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou o resultado da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) 2012, que apontou que o aparelho de rádio está presente em 80% dos domicílios, levando em conta que a pesquisa não considerou os aparelhos de telefonia celular que sintonizam FMs.

O número mostra que ainda é grande o número de casas que contam com pelo menos um aparelho de rádio. O número de pessoas que ouvem rádio é ainda maior, levando em consideração a grande oferta de telefones celulares que são sintonizadores de FMs, além dos rádios instalados em veículos. Segundo dados da Anatel, o Brasil conta com mais de 200 milhões de celulares habilitados.

Por fim, no início de dezembro, um levantamento feito pelo Instituto Ibope mostrou que o Brasil é o país onde mais se consome rádio na América Latina. O levantamento também mostrou que, no consumo simultâneo de mídias, o brasileiro, quando está ouvindo rádio, prefere navegar pela Internet. O Brasil também supera os demais países da América Latina quando ouve rádio off e online.

De acordo com o Ibope, 67% dos brasileiros ouvem rádio de modo tradicional (chamado offline). Os ouvintes dos demais países que foram pesquisados (Colômbia, Equador, Guatemala, Peru e Costa Rica) somam 63%. Outro item que também foi pesquisado foi o consumo de rádio online (internet) e de forma tradicional. Fonte

0 comentários:

Postar um comentário