Pages

12 de janeiro de 2014

Horóscopo dos jornalistas para 2014

Foto: Reprodução

Trabalho – Um ano com eleições gerais, Copa do Mundo no Brasil e Big Brother 14 tem tudo para ser muito agitado para os jornalistas. Para deixar o cenário astral mais complexo, Plutão entra em conjunção com as redações enxutas, indicando um período muito propício à perda de folgas e a longas jornadas de fechamento de cadernos especiais. Mas nada que um café bem forte em conjunção com um energético não resolva.

Finanças – Apesar de 2014 ser um ano que terá o azul como cor predominante, isso não significa que a conta bancária dos jornalistas sairá do vermelho. A previsão de um ano financeiramente delicado é a mesma de 2013 e de todos os anos anteriores desde Gutenberg. Em 2014, serão necessários muitos esforços, frilas e até mesmo uma tripla jornada de trabalho. Nenhum mistério esotérico.

Amor – No início do ano, Júpiter caminha pelos relacionamentos dos jornalistas. O que isso significa? Não faço a menor ideia. A Lua revela, por meio de sua assessoria de imprensa, que a influência astrológica do Juju, aplicativo que avalia o desempenho amoroso dos jornalistas, torna 2014 fértil para muitas DRs. Para os encalhados, pessoas exóticas devem entrar em suas vidas. E elas não são jornalistas. Jornalistas são pessoas estranhas mesmo.

Horóscopo chinês – O ano de 2014 será regido pelo Cavalo, o que favorece ações concretas, como tomar vergonha na cara, atualizar o currículo e buscar um trabalho decente. É também um ano propício para se levar muitos coices, principalmente de chefes e entrevistados. Alguns astrólogos acreditam que, como os jornalistas passam grande parte da vida pastando, para eles todo ano é ano do Cavalo.

Saúde – Os longos períodos sem comer em quadratura com os dias em que se almoça porcaria na padaria às cinco da tarde indicam que, em 2014, os jornalistas terão uma saúde mais fragilizada, o que requer atenção. Os momentos mais críticos ocorrem no primeiro semestre. E no segundo semestre também. Os astros aconselham a adoção de uma dieta mais balanceada ou, pelo menos, doses extras de Omeprazol.

Sexo – Com o safado de Vênus retrógrado nos primeiros seis meses do ano, a vida sexual dos jornalistas também será morna no período. Mas, depois disso, vai rolar uma putaria astral só. O ápice da sacanagem jornalística acontece nas eleições, por razões já conhecidas. A chegada de Urano ao centro do signo de Áries não significa porra nenhuma, mas eu achei legal botar isso no texto.

Família – A ranzinzice do pai em desconjunção com a impaciência da mãe em desarmonia com a birra dos irmãos em desalinhamento com a TPM da cunhada em desequilíbrio com a encheção de saco do tio desempregado sugere que a vida familiar em 2014 vai ser foda. Mas como jornalista vive trabalhando e não tem tempo para a família, o ano promete ser maravilhoso. Fonte

0 comentários:

Postar um comentário