Pages

17 de janeiro de 2014

Ibope suspende auditoria temendo espionagem

A medição de audiência de TV realizada pelo Ibope deve parar de ser auditada. Segundo o presidente do Ibope, Carlos Montenegro, o instituto decidiu suspender em 2014 a auditoria realizada há 15 anos pela Ernst & Young e paga pela ABAP (Associação Brasileira de Agências de Publicidade). O Ibope teme o vazamento de dados e espionagem por parte da GfK, empresa alemã que começa a aferir audiência de TV no país.

Segundo Montenegro, o Ibope optou a princípio por manter uma auditoria anual, sem detalhamentos mensais, com dados sigilosos, como era feito até então. “Não posso correr o risco de vazamentos”, diz Montenegro. “Decidimos no final do ano passado que ficaríamos apenas com o parecer da Ernst se está tudo correto ou não”, conta. “Foi aí que algumas emissoras resolveram reclamar e dizer que são elas que não querem mais a auditoria.”

Como a Folha noticiou na segunda-feira (13), alguns dirigentes de TV que integram a ABAP pretendem parar de pagar pelo serviço da Ernst. “Se eles não pagarem, não haverá mais auditoria. Nem mensal, nem anual”, fala Montenegro. “Minha auditoria serão os números do GfK.”

A ABAP diz que ainda não recebeu nenhum questionamento de seus integrantes.

A Ernst & Young não se pronuncia sobre clientes. Fonte

0 comentários:

Postar um comentário