Pages

11 de julho de 2014

Ganeses são acolhidos no Seminário Nossa Senhora Aparecida em Caxias do Sul

Foto: Rosângela Magalhães

Sem ter onde ficar, estrangeiros vindos do país africano, Gana, são acolhidos no Seminário Nossa Senhora Aparecida, em Caxias do Sul. Desde a última semana, cerca de 300 ganeses chegaram à cidade a procura de melhores condições de vida. Hoje, por volta de 30 estão no Seminário.

O Ministério da Justiça afirmou que dará apoio financeiro ao município para acolher de forma emergencial os imigrantes. A informação foi confirmada pelo prefeito de Caxias do Sul. Segundo Alceu Barbosa Velho, o Ministro da Justiça, Eduardo Cardozo, também se comprometeu em enviar uma comitiva do Comitê Nacional para os Refugiados (CONARE) para avaliar a situação dos ganeses que permanecerem no município. Caso o pedido de refúgio seja negado, os ganeses terão oito dias para retornarem ao país de origem, explica o prefeito.

A presidente da Comissão de Direitos Humanos, vereadora Denise Pessôa (PT), rebate a informação de que o visto de turista poderia prejudicar as solicitações de refúgio. "Até hoje alguns casos foram negados, mas o governo federal encaminhou visto de permanência analisando a situação de trabalho. O prefeito mostra que continua desinformado”, disse.

Além das condições de acolhimento aos imigrantes o fator saúde pública também preocupa o prefeito. Alceu destaca que os imigrantes entram no país sem vacinas para protegê-los, e vem de países com doenças já erradicadas há anos no Brasil como a pólio.

A prefeitura de Caxias do Sul aguarda pelos recursos emergenciais prometidos pelo Ministério da Justiça.

Com informações de Cleberson Portela, Ivan Sgarabotto, Noele Scur e Rosângela Magalhães

0 comentários:

Postar um comentário