Pages

31 de julho de 2014

Presidente da Ancine apresenta edital de financiamento de projetos ao governo do RS

Foto: Caroline Bicocchi

O diretor-presidente da Agência Nacional de Cinema (Ancine), Manoel Rangel, esteve em visita no Palácio Piratini, na manhã desta quinta-feira, 31, para apresentar ao governador Tarso Genro o edital que irá financiar projetos no Polo Audiovisual. O edital, no valor de R$ 5 milhões, resulta de uma parceria entre o Fundo Setorial do Audiovisual, gerido pela Ancine e operado pelo BRDE, e o Fundo de Apoio à Cultura do Rio Grande do Sul.

O programa vai disponibilizar o financiamento para dez novas produções cinematográficas: 2 longas-metragens, 4 longas-metragens de baixo orçamento e 4 documentários. “No total, será investido o valor de R$ 5 milhões de reais, sendo R$ 2 milhões do Fundo de Apoio à Cultura (FAC) da Secretaria de Estado da Cultura e R$ 3 milhões do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA)”, disse Manoel Rangel. “Isso faz parte de um programa maior que é o Brasil de Todas as Telas”, acrescentou.

Trata-se de um programa de desenvolvimento da indústria de audiovisual Brasileira onde o governo Federal, através do Fundo Setorial de Audiovisual, está investindo mais de R$ 1 bilhão no desenvolvimento do setor. O recurso será aplicado na expansão do parque exibidor, capacitação de mão de obra técnica para a produção de filmes e séries de televisão, desenvolvimento de roteiros e formatos e na produção de filmes e séries de TV, explicou Rangel.

Além do governador, o diretor-presidente da Ancine foi recebido também pelo secretário de Cultura, Luiz Antônio de Assis Brasil, e aproveitou a ocasião para apresentar um novo projeto, que visa instalar cinemas nas cidades com cerca de 100 mil habitantes e que não tenham nenhuma sala de cinema. “O governador já nos orientou de chamar os prefeitos dessas cidades para nós discutirmos esse projeto porque realmente é muito bom”, declarou Assis Brasil.

“Nessa ação inédita de lançar um edital para longas, hoje, com o investimento de R$ 5 milhões, se espera com isso atender a grande produção cinematográfica do Estado que é muito expressiva e também reconhecida por premiações", concluiu o secretário. O lançamento oficial do edital aconteceu na tarde desta quinta-feira, no Salão Negrinho do Pastoreiro do Palácio Piratini.

Com informações do Governo do Estado

0 comentários:

Postar um comentário