Pages

17 de fevereiro de 2015

A ressaca do amor

Estes dias me foi dito: "Ivan, você está amando! Percebe como está falando?" Eu respondi que não, mas, pelo tom da conversa por mais que eu tentasse dizer o contrário, não adiantava muito, e decidi não insistir.

Amar não é errado, e sim o contrário, é perfeito. Devemos lutar muito para conseguir alcançar e manter este sentimento forte de amor, e sabemos que não é fácil, pois, no momento que nos descuidamos, algo pode fugir do nosso controle.

E eu me refiro ao amor de verdade, não aqueles que tu recém conheceu a pessoa e já se declara dizendo que ama, pois, isto é outra coisa, talvez nem paixão seja.

Sou daqueles que quando ama faz de tudo para dar certo, e me adapto para conquistar o melhor, e isto vale para ambos. Não que me deixe em segundo plano, mas, devemos também nos moldar a outra pessoa, e vice-versa.

A adaptação é importante, e isto não quer dizer que tu tenha que mudar radicalmente, mas permitir a felicidade daquele momento e instante. Simplesmente a ressaca do amor pode existir, a si próprio também.

Por: Ivan Sgarabotto

0 comentários:

Postar um comentário