Pages

10 de abril de 2011

A história da S.E.R. CAXIAS - 3ª Parte

A S.E.R. Caxias completa neste domingo, 10 de abril de 1011, 76 anos, confira a 3ª Parte do Especial: 2000 - O Ano do principal título do clube - Campeão Gaúcho.

2000 – O ano do principal título da história do clube - Campeão Gaúcho

Em 2000 o clube também mostrou que não era só o Juventude que estava em boa fase. No Estadual surpreendeu a todos, com um time que tinha como destaques Jairo Santos, Jajá, Gil Baiano, ente outros.

O time grená enfrentou na final o poderoso Grêmio, em que seus dirigentes davam declarações menosprezando o Caxias, mas se deram mal.

O primeiro jogo da final, no dia 14 de junho, o Caxias venceu de goleada no Centenário pelo placar de 3 a 0, gols de Gil Baiano, Ivair e Márcio.

No dia 21 de junho de 2000, o Caxias conquista o principal título da sua história, a taça inédita do Campeão Gaúcho ao empatar no Olímpico em 0 a 0, ainda com erro na cobrança de pênalti do Ronaldinho Gaúcho.

O público no Estádio do Grêmio foi superior a 24 mil torcedores tricolores e a arbitragem de Carlos Simon. O Caxias era comandado pelo Adenor Bachi, o Tite

O time e direção do Caxias era formado por Felipe Maciel, Delmer, Carlinhos, Felipe, Titi, Moreno, Márcio, Emérson, Luciano Araújo, Dida, Sóster, Paulo César, Jajá, Tupamaro, Peninha, Reomar Slaviero, Marcus Caberlon, Nelson D´arrigo, Gilmar, Aloir Oliveira, Joel Cornelli, Jorge Azevedo, Tite, Geraldo Delamore, Rodrigo Andrade, Evandro Remonti, Vanderlei Bersaghi, Dejair Machado, Alceu Fassbinder, João Luís Turra Pieruccini, Ricardo Tedesco, Henry Maggi, Cláudio, Maurício, Gil Baiano, Ivair, Luis Américo, Wander, Sandro Neves, Castro, Jairo Santos,Sarandi, Eduardo, Adão, Paulo Turra e Renato Carioca.

2001 - Disputa Judicial

Em 2001 o Caxias fez uma excelente campanha na Série B, chegando a fase final, quando disputou um jogo eletrizante com o Figueirense no Orlando Scarpelli em Florianópolis, ficando em 1 a 0 para o time catarinense e encerrado o jogo mais cedo após a invasão da torcida catarinense ao gramado.

O time grená entrou na justiça para conseguir o acesso, no entanto o Figueirense ficou com a vaga na elite do futebol nacional.

A partida foi anulada, mas o gol do Figueirense ficou mantido, dando assim, a vaga ao time catarinense na primeira divisão do Campeonato Brasileiro, com um julgamento até hoje suspeito.

2003 - Caxias Campeão de Juniores

Após oito anos, o Caxias voltou a levantar a taça de melhor do estado nas categorias de base.

O time grená sagrou-se campeão com um empate em 2 a 2 com o São José de Cachoeira do Sul, no Estádio Joaquim Vidal.

A ótima campanha do time comandado pelo técnico Ademir dos Reis resume-se nas 13 vitórias e cinco empates conquistados nos 20 jogos disputados no decorrer do campeonato.

2004 - Caxias Bi-Campeão de Juniores

Foi contra o Brasil de Farroupilha, no Estádio das Castanheiras, que o Caxias sagrou-se Bi-Campeão Gaúcho de Juniores.

Sob o comando de Péricles da Costa, o clube chegou na semifinal e decidiria a vaga no quadrangular final em dois clássicos Ca-Jus.

No primeiro jogo, disputado no Estádio Alfredo Jaconi, venceu o Juventude por 1 a 0. Na partida de volta, no Centenário, a equipe grená venceu por 3 a 2, garantido a vaga.

Na estreia do quadrangular, o Caxias venceu o Inter no Beira Rio por 3 a 2. na sequência, derrotou o Brasil de Farroupilha no Centenário por 2 a 0 e perdeu para o Guarani de Venâncio Aires fora de casa por 3 a 1.

No returno venceu o Guarani por 1 a 0 e goleou o Brasil por 4 a 0, sagrando-se campeão com uma rodada de antecedência.

2005 - A queda para a Série C

O Caxias após manter campanhas regulares na Séie B do campeonato brasileiro, foi rebaixado no ano que completava 7 décadas.

2007 - Gestão Profissional

No dia 14 de fevereiro de 2007, é assinado o protocolo de intenções entre S.E.R. Caxias e Metalcorte.

No dia 13 de agosto, Oswaldo Voges toma posse como presidente da equipe grená, ele criou um projeto para levar o Caxias ao maior nível possível em 15 anos, com muitos investimentos e uma reorganização administrativa profissional.

Campeão da Copa Amoretty

O Caxias sagrou-se campeão da Copa Paulo Rogério Amoretty, no domingo, 2 de dezembro, ao vencer o Brasil de Pelotas nos pênaltis por 4 a 2, depois de ter sido derrotado por 1 a 0 no tempo normal, no Estádio Bento Freitas, em Pelotas.

No jogo de ida, no Estádio Centenário, a equipe grená venceu os xavantes pelo marcador de 1 a 0. Com o título, o Caxias assegurou uma vaga na Série C do Brasileiro de 2008.

2009 - A goleada histórica na final do estadual gaúcho

O Caxias levou uma goleada histórica em 2009 na final do segundo turno do Campeonato Gaúcho, ao perder para o Internacional por 8 a 1.

No segundo semestre a equipe grená quase voltou a Segunda Divisão do futebol nacional, quando foi eliminado pelo Guaratinguetá, no Estádio Centenário, com um público superior a 25 mil pessoas, no dia 16 de agosto de 2009.

A partida que ficou no empate de 1 a 1, foi o recorde de público no ano pela Terceira Divisão do Campeonato Brasileiro.

Em 2010 o Caxias não conseguiu voltar a Série B do Campeonato Brasileiro, com uma forte campanha de marketing para motivar os torcedores grenás, mas em campo os atletas não ajudaram e por mais um ano ficam na Série C.

Em 2011, o Caxias foi vice-campeão do primeiro turno do Gauchão ao perder a final para o Grêmio nos pênaltis. No tempo normal, empate de 2 a 2 e nas penalidades, derrota grená por 4 a 1, na quarta-feira, 09 de março.

Sociedade Esportiva e Recreativa Caxias do Sul, um clube de muitas histórias, que possui uma torcida exigente e fanática.

Créditos: Arquivo Grená, História dos clubes nacionais, Lucas Scherer, Luiz Erbes, Rádio Caxias AM, Rádio São Francisco AM e S.E.R. Caxias

--------
1ª Parte - O início
1ª Parte - O início [PODCAST]
2ª Parte - O começo da era S.E.R. Caxias
2ª Parte - O começo da era S.E.R. Caxias [PODCAST]
3ª Parte - O ano do principal título da história do clube - Campeão Gaúcho
3ª Parte - O ano do principal título da história do clube - Campeão Gaúcho [PODCAST] (COM GOLS DA FINAL)

0 comentários:

Postar um comentário