Pages

26 de abril de 2011

Morre o cantor Rui Biriva aos 53 anos

Foto:Banco de Dados / Agência RBS

O cantor e compositor Rui Biriva, morreu às 22h45min desta segunda-feira. A informação foi divulgada pela assessoria de comunicação do Hospital de Clínicas, onde Biriva estava internado desde 14 de abril para o tratamento de um tumor no intestino grosso.

Rui Biriva tinha 53 anos e era o caçula dos três filhos de Adalíbio e Malvina Leonhart, um casal de pequenos agricultores do distrito de Esquina Eldorado, em Horizontina. Depois de cursar Direito no Paraná, sem concluir o curso, o cantor deu início a uma carreira bem-sucedida como intérprete em festivais nativistas.

O próprio apelido "Biriva" foi ganho depois de o jovem Rui vencer o festival Seara da Canção Gaúcha, em Carazinho, em 1982, com a canção Birivas, de Airton Pimentel. "Biriva" é uma designação para os tropeiros de gado das comunidades de cima da Serra. Rui voltaria a vencer o mesmo festival em 1984, com a música Santa Helena da Serra, parceria com José Luiz Vilela e até hoje uma de suas composições mais queridas pelo público.

Depois de gravar o primeiro LP em 1987, Cantar (Continental), Rui rapidamente tornou-se um dos nomes-chave de sua geração. Ficou famoso não apenas pelo sucesso popular de canções animadas e festivas como Tchê Loco, Festança, Pé na Estrada, Tonto de Saudade e Castelhana (esta última, parceria com Elton Saldanha), mas pela simpatia e espontaneidade cheia de humor que levava para suas músicas e para suas performances de palco.

Seu disco mais recente, Pedindo Cancha (2009), um CD que o próprio artista identificava como especial em sua trajetória — uma espécie de "álbum conceitual" temático sobre a Cancha Reta, um dos esportes campeiros mais antigos do Estado. Rui deixa mulher e um filho adolescente.

O corpo do músico foi velado na Câmara de Vereadores de Porto Alegre na manhã desta terça-feira e à tarde, partiu para Horizontina.



0 comentários:

Postar um comentário