Pages

18 de março de 2012

Torcedores do Juventude fazem protestos no Estádio Alfredo Jaconi

Foto: Roni Rigon

A noite de sábado,17, em Caxias do Sul foi de muitos protestos do torcedor do Esporte Clube Juventude. A torcida inconformada pela humilhação sofrida na capital gaúcha ao levar uma goleada de 7 a 0 para o Inter, fez muitos manifestos através de pichações nas paredes e arremessos de ovos e pipocas no ônibus da equipe alviverde e no Estádio Alfredo Jaconi.

No início do protesto mais de 50 torcedores esmeraldinos se concentraram na frente do Jaconi. Alguns policias da Brigada Militar que estavam no Estádio Centenário, para dar segurança na partida Caxias e Cruzeiro, foram deslocados para "acalmar" os ânimos e evitar confusão na frente do Estádio Alfredo Jaconi, na chegada do ônibus da delegação alviverde.

Conforme relatos dos torcedores jaconeros no twitter, um torcedor foi preso e ainda teve atletas que foram "liberados" pela direção juventudista no centro para evitar o confronto com a torcida no Jaconi. O ônibus do Juventude chegou no Estádio por volta das 21h15. O ônibus estava escoltado com duas viaturas da brigada militar.

O goleiro Follmann, 20 anos, que teve uma estreia inesquecível no Beira-Rio foi o único jogador poupado pelos protestantes. Ele até recebeu aplausos, apesar dos 7 gols sofridos, sem muita culpa e boa atuação. Ainda de acordo com informações dos torcedores juventudistas, foi entregue uma lista de dispensa dos jogadores que não estão afim de vestir a camisa do Juventude. O presidente Raimundo Demore também ouviu vaias e manifestações.

Os muros do Estádio Alfredo Jaconi próximo ao Portão 2 foram pinchados com dizeres de "time podre" e "vergonha". Na entrevista coletiva após o desastre da goleada sofrida, o técnico Alexandre Barroso pediu para a torcida protestar e não se acomodar.

O manifesto foi feito e falta apenas a direção agir logo, para um novo desastre não ocorrer. No próximo sábado novos protestos do jaconero devem ocorrer no Jaconi, quando o Ju volta a jogar em casa, agora diante do Ypiranga, um dos fortes favoritos a rebaixamento do Gauchão.

0 comentários:

Postar um comentário